Mais uma ação para a preservação da espécie

abril 3, 2014 Nenhum Comentário »

Secretarias de Meio Ambiente de Itaguaí e Mangaratiba, MMX e pescadores reuniram-se no MPE para discutir dragagem e bota fora

JULIANA TORRES

Na última segunda-feira (31 de março), representantes das secretarias de Meio Ambiente de Itaguaí e Mangaratiba, da MMX, pescadores desses municípios e de Angra dos Reis reuniram-se no Ministério Público Estadual (MPE) de Angra. O objetivo da reunião foi discutir a dragagem no período de defeso (reprodução) de animais e a poluição causada pelo bota fora (material dragado que é descartado em outro local) da empresa, que é uma das responsáveis pelo Porto Sudeste, na região. De acordo com o secretário de Meio Ambiente de Itaguaí, Giovanni Kede, durante o encontro, o MP recomendou a paralisação da dragagem. “Deram até quarta [ontem] para a empresa dar uma satisfação ao MP”, revelou Kede. Ainda segundo ele, a promotoria disse que o GAT (Grupo de Apoio Técnico) iria fazer uma avaliação sobre a situação do local.

Para ter acesso à reportagem completa, assine a edição digital ou impressa do Jornal ATUAL.
Confira também nas bancas de toda região.

Obras do Porto Sudeste na Ilha da Madeira: empresa quer alargar canal, mas protestos têm como objetivo proteção de espécies (Foto Internet)

Obras do Porto Sudeste na Ilha da Madeira: empresa quer alargar canal, mas protestos têm como objetivo proteção de espécies (Foto Internet)

Deixe um comentário

Você precisa estar Logado para comentar.