Kede vai ao MP contra o Porto Sudeste

março 18, 2014 Nenhum Comentário »

Procedimento do Porto Sudeste mobiliza secretarias em proteção do defeso de espécies marinhas

JUPY JUNIOR

De acordo com as secretarias de Ambiente de Itaguaí e Mangaratiba, algumas espécies marinhas que vivem Baía de Sepetiba correm perigo por causa da intenção das empresas Mubadala, Trafigura e MMX (controladoras do Porto Sudeste do Brasil) de realizar empreendimento de dragagem e derrocagem do canal que dá acesso à Baía de Sepetiba. Segundo os secretários Giovanni (Itaguaí) e Natasha Kede (Mangaratiba) a obra de ampliação do canal que fica entre a Ilha de Jaguanum e a Restinga da Marambaia ameaça a época do defeso do camarão, do caranguejo e da tainha, além de comprometer também o boto cinza, cetáceo que recentemente motivou uma ação conjunta da secretaria de Ambiente de Mangaratiba com a secretaria de Turismo. As empresas controladoras do porto, por meio de assessoria, garantiu que todos os procedimentos foram previamente licenciados e autorizados.

Para ter acesso à reportagem completa, assine a edição digital ou impressa do Jornal ATUAL.
Confira também nas bancas de toda região.

Kede (de branco) deixa o MP junto com assessores depois de protocolar a denúncia (Carlos Roberto)

Kede (de branco) deixa o MP junto com assessores depois de protocolar a denúncia (Carlos Roberto)

Deixe um comentário

Você precisa estar Logado para comentar.