Otorrinolaringologista dá dicas sobre como cuidar melhor do seu nariz, ouvido e garganta

março 16, 2012 2 Comentários »

Tripla especialidade

 RENATA PIRES

renata.pires@jornalatual.com.br

O médico Cassiano Luís Macedo Magalhães Tavares graduou-se em medicina pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro em 1999 e terminou a residência médica com especialização em otorrinolaringologia em 2002, na Policlínica de Botafogo. Com mais de 10 anos de experiência, ele conversou com o ATUAL sobre a profissão e aproveitou para falar sobre cuidados essenciais quando o assunto é nariz ouvido e garganta. Como todo bom médico, Dr. Cassiano diz que a prevenção é a melhor estratégia para garantir uma vida saudável. “As crianças que nascem hoje fazem o teste da orelhinha, que é a triagem de função auditiva, então o contato começa ao nascer”, diz ele, na entrevista que segue, comentando sobre a fase ideal para o indivíduo procurar um otorrinolaringologista:

 O médico Cassiano Luís é especialista em otorrinolaringologista e atua no Centro de Itaguaí

 ATUAL – O que significa otorrinolaringologista e o que esta especialidade trata?

Dr. CassianoOtorrinolaringologista é um médico formado em faculdade de medicina e é uma subespecialidade médica que trata dos ouvidos, nariz e garganta. Na garganta tem toda parte alta das faringes e das cordas vocais, local onde o nosso ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva desenvolveu uma doença na laringe.

 Já que você citou o ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva o que ele tem afinal?

O acompanhamento que tive do caso foi pela imprensa. Ele teve um carcinoma, um tumor de laringe que é muito ligado ao tabagismo e ao álcool. De acordo com o consumo excessivo de tabaco e do álcool o individuo tem tendência maior a desenvolver tumorações e elas podem ser de ordem benigna ou maligna e isso demanda tratamento que tem, às vezes, efeitos com cirurgias ou por quimioterapia, que foi a opção dele, ou por radioterapia, que, aliás, é associado à quimioterapia.  

 Então os fumantes estão mais propenso a desenvolver doenças? E aqueles que pararam de fumar também correm riscos?

Sim. Começou a fumar já corre o risco. O fumante comparado ao não fumante apresenta maior risco de desenvolver câncer. Quem é fumante é um sofredor.

 A partir de que idade se deve procurar o otorrinolaringologista?

O otorrinolaringologista começa a ter contato com o paciente desde o seu nascimento na maternidade. As crianças que nascem hoje fazem o teste da orelhinha que é a triagem de função auditiva, então o contato começa ao nascer.

 Quais os cuidados que se deve ter com os ouvidos?

A higiene dos ouvidos deve ser feita na parte externa do ouvido, então a gente pode mexer nas nossas orelhas sem problema nenhum. Não se deve enfiar nada dentro do canal do ouvido. Se a pessoa utilizar o dedo mindinho para fazer sua higiene até onde ele chega já está bom. Não é necessário usar nenhum tipo de haste flexível com algodão, tampas de canetas ou grampos.

 Então é verdade que a haste flexível é um vilão dos ouvidos?

A haste flexível é um aparelho de tamanho M, se o ouvido do paciente for M vai servir, mas se o ouvido for de tamanho P ou G não serve porque o instrumento tem tamanho único para ouvidos de tamanho diferentes, portanto eu não recomendo o uso de hastes flexíveis para os meus clientes. Repito use o seu dedo que é proporcional ao seu corpo.

 E quanto à cera doutor, o que causa o acúmulo de cera no ouvido?

A cera é uma estrutura de pele interna do ouvido com uma diferença da pele corporal. A pele do ouvido é muito delicada, fina e muito ressecada. Ela funciona como um impermeabilizante e impede a penetração de bactérias. Quando se produz uma formação muito grande dessa substância ela vira uma pedrinha, aí o paciente com a haste flexível, retira uma parte da cera e empurra o restante para dentro do ouvido gerando mais problemas, então a sugestão que a gente sempre dá é: está incomodado, procure um especialista.

 Com isso o paciente pode pensar que está sofrendo de surdez ou queda auditiva?

Sim. E é muito comum as pessoas sentarem neste consultório e dizerem que estão surdas e quando examino vejo que é uma placa de cera dentro do ouvido e quando é retirada, o paciente sai do consultório ouvindo bem e acha que sou milagreiro. Isso não é milagre é ciência.

 A lavagem é o meio para retirar a cera?

A lavagem é uma técnica de remover o excesso de cera que forma uma rolha que impede uma boa passagem do som, então acaba mascarando a audição. Existem várias técnicas de se retirar a cera em excesso e a lavagem é a mais comum delas.

 E quanto ao zumbido?

Para mim o zumbido é a entidade mais difícil de tratar dentro da especialidade, porque na verdade zumbido não é doença é um sintoma, assim como a dor de cabeça, existem várias causas que provocam este sintoma. O zumbido é um sintoma em que a pessoa percebe uma alteração no nível da audição. Não em termos de volume, mas de qualidade da audição e essa qualidade tem que ser avaliada individualmente.

 Porque que há pessoas que sofrem com sangramento pelo nariz?

Se o nariz sangra é claro que ele está inadequado. Da mesma forma do zumbido existem várias causas. O nariz é uma estrutura que é muito vascularizada, tem muitos microvasos sanguíneos e às vezes qualquer machucadinho demanda um sangramento. O nariz tem uma particularidade muito intensa. Ele é a principal válvula de escape de hipertensão arterial em termos de sangramento. Um sujeito pode fazer uma crise hipertensiva, um aumento de pressão arterial e o organismo tenta diminuir isso de alguma forma e um dos pontos onde acontece a ruptura é o nariz, por isso dá muito desespero em muita gente porque o sangramento é muito intenso e pode vir a causar repercussões sérias que devem ser tratadas.

 Mas nem sempre o paciente tem acesso ao médico em tempo hábil para estancar o sangramento. Como ele deve proceder?

Colocando compressa de gelo no nariz e depois apertando ele. O ideal é colocar o paciente sentado ou de pé, nunca deitado. Com isso diminui a pressão e a gravidade atua em seu favor. Após isso, ir para o pronto socorro. Qualquer médico tem capacidade para controlar o sangramento. Depois o paciente será encaminhado para o otorrino.

 O que é rinite?

É a doença mais comum hoje em dia. É um processo inflamatório da mucosa do nariz. E esse nariz pode ter sofrido impacto ambiental. A poeira e alergia também ajudam. Indiferente do que causa essa agressão na mucosa nasal os grandes sintomas da rinite são o entupimento, espirro e coriza. Esses três são frequentes e cada um tem que ser individualizado. O especialista tem que saber que tipo de rinite aquele paciente apresenta e de acordo com os tipos de rinite conseguir tratar este paciente da melhor maneira. Nem todo mundo tem rinite alérgica. Existe a rinite inflamatória, ocupacional e a idiopática que ninguém sabe de onde vem. Cada uma tem o seu tratamento.

 E a faringite?

Todas essas doenças respiratórias uma tem franca ligação com a outra. A faringite tem ligação com a respiração inadequada. O paciente acaba adquirindo rinite pela dificuldade de respirar pelo nariz. Ele passa a respirar pela boca aberta e a garganta tenta fazer a filtração do ar. E ela não está preparada para exercer esta função e acaba causando as mesmas agressões ou mais intensas da mucosa da garganta.

 E para finalizar, quais os cuidados com a voz?

O profissional que utiliza a voz como os atendentes de telemarketing, professores, vendedores de rua não devem competir com o ambiente. O ideal é hidratar a garganta bebendo bastante água. O fonoaudiólogo ajuda no treinamento para respirar pelo nariz que também é muito importante.

 

2 Comentários

  1. susi 17/03/2012 at 10:13 pm -

    gostei muito das dicas,até porque Dr cassiano é um dos melhores otorrinos que conheço,ele cuidou do meu marido e cuida da minha filha.é otimo sem fala que é muito simpático

  2. chely 05/02/2013 at 3:30 pm -

    Boa Tarde!!!! eu estou com probleminha com nariz da minha filha,ela tem 8 meses… ela ta com o nariz,roncando,nem consegui dormi direito,anoite entao fica pior. ja levei ela no medico,e me falaram que possa ser alergia,ou uma carninha no nariz, o medico me perguntou se aki em casa,tem mofu eu disse que sim por causa dessas chuvas,já tem 5 mes que ela ta assim,o nariz dela ta muito ruim,encomoda ela demais.e eu nao dei como ajuda_la. gostaria da sua opinao……..sera que vc pode me ajudar por favor.

Deixe um comentário

Você precisa estar Logado para comentar.