Loading...
Jun 19, 2018 Last Updated 1:09 PM, Jun 19, 2018
Cotidiano

Cotidiano (1110)

Moradores de Coroa Grande denunciam o desrespeito em Área de Proteção Ambiental. Capitania dos Portos vai inspecionar o local

MEIO AMBIENTE Moradores de Coroa Grande, em Itaguaí, denunciam a obstrução do canal de acesso à orla do bairro por uma embarcação encalhada há mais de 25 dias. De acordo com eles, o canal faz parte da Área de Preservação Ambiental (APA), porém o proprietário da traineira de pequeno porte está infringindo a lei ao utilizá-lo para fazer reparos na embarcação.

Segundo um morador que preferiu não se identificar o barco está no canal há mais 25 dias, sem sequer sofrer qualquer tipo de punição por parte das autoridades da Secretaria Municipal de Meio Ambiente. “É um absurdo! Já levamos o caso para o órgão competente do município que alegou não ter combustível para viatura levar os fiscais até o local. O canal é berçário de várias espécies marinhas e não pode receber esses serviços de limpeza de casco, pintura e reparos das embarcações. Para isso, têm os estaleiros”, ressaltou o morador.

Ainda de acordo com os moradores, vira e mexe o canal conhecido como “Prainha de Vila Geni”, na Avenida Alcebíades da Rocha, está sendo usado como estaleiro de embarcações. “Não é de hoje que proprietários de embarcações utilizam o canal e a praia para fazer a manutenção e limpeza dos barcos. Infelizmente, não sabemos mais a quem recorrer. É um desrespeito com o meio ambiente”, concluiu o morador que preferiu não se identificar. 

PROVIDÊNCIAS

Contactado pelo ATUAL , o comandante da Delegacia da Capitania dos Portos de Itacuruçá, capitão de coverta Carlos Eduardo França da Silveira, informou que vai enviar uma equipe de Inspeção Naval (IN) ao local para melhor avaliar a situação. O comandante informou ainda que já comunicou ao órgão ambiental a demanda, para que cada órgão atue em sua esfera de competência. “O apoio da população é de extrema importância para os órgãos de fiscalização”, destacou o delegado, Eduardo França.

 

ÁREA DE PROTEÇÃO AMBIENTAL

Áreas de Proteção Ambiental (APA) são um tipo de área protegida previstas na legislação brasileira como parte do Sistema Nacional de Unidades de Conservação, que correspondem a áreas em geral extensa, com um certo grau de ocupação humana, dotadas de atributos abióticos, bióticos, estéticos ou culturais especialmente importantes para a qualidade de vida e o bem-estar das populações humanas, e tem como objetivos básicos proteger a diversidade biológica, disciplinar o processo de ocupação e assegurar a sustentabilidade do uso dos recursos naturais. Consiste em um modelo importado da lei portuguesa e francesa, e que é muito criticado no Brasil, algumas vezes injustamente.

Pode ser estabelecida em área de domínio público e/ou privado, pela União, estados ou municípios, não sendo necessária a desapropriação das terras. No entanto, as atividades e usos desenvolvidos estão sujeitos a um disciplinamento específico.

Pode ter em seu interior outras unidades de conservação, bem como ecossistemas urbanos, permitindo a experimentação de técnicas e atitudes que conciliem o uso da terra e o desenvolvimento regional com a manutenção dos processos ecológicos essenciais. Toda APA deve ter zona de conservação de vida silvestre (ZVS).

 

As áreas de proteção ambiental pertencem ao Sistema Nacional de Unidades de Conservação (SNUC), regulado pela Lei 9.985 de 18 de julho de 2000. As áreas de proteção ambiental federais são administradas pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio).

WELINGTON CAMPOS

 

Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. 

 

Estudantes já haviam participado de etapa estadual em maio deste ano

MEIO AMBIENTE A V Conferência Nacional Infanto Juvenil pelo Meio Ambiente que acontece em Sumaré, São Paulo, conta com a participação de dois alunos de Mangaratiba, que tiveram seus projetos ambientais selecionados para representar o Estado na etapa nacional da conferência. O evento começou no dia 15 de junho e encera-se hoje (19).

Programação gratuita contou com feira de artesanato, oficinas, roda de Hip Hop e muito mais

 O tempo frio e chuvoso não impediu que os moradores do bairro Estrela do Céu aproveitassem um dia cheio de atividades culturais. No sábado (16), o projeto Ativação Cultural Itaguaí 200 Anos, que tem o patrocínio da Vale e do Ministério da Cultura, levou oficinas gratuitas, roda de hip hop, contação de história, feira de artesanato, entre outras atividades gratuitas na Praça da Apae.

PALESTRA Para celebrar o Dia Mundial de Combate à Violência contra o idoso, comemorado no dia 15 de junho e o Dia Mundial de Prevenção de Quedas de Idoso, que acontece no próximo dia 24, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), em parceria com o Porto Sudeste, realizou na semana passada, um ciclo de palestras com esses temas para um grupo de Idosos de Coroa Grande.

EVENTO Começa hoje e vai até quinta-feira (21) a VII jornada PET de história, promovida por bolsistas da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ). O objetivo é incentivar e divulgar o trabalho de pesquisa histórica realizado pelo corpo discente de História universidade.

Uma exposição de trabalhos relacionados ao projeto Fraternidade – Superação da Violência foi realizada na semana passada, na escola Municipal Prefeito Abeilard Goulart de Souza, no bairro Parque Paraíso, em Itaguaí.

A Itaguaí Construções Navais (ICN) manifesta o mais profundo sentimento de solidariedade a todos os familiares e amigos das vítimas do terrível acidente entre as embarcações Lucas Mar e Milemar, ocorrido na madrugada de sexta-feira (8/6), na Baía de Sepetiba (RJ), em frente ao Porto de Itaguaí, no Rio de Janeiro. A notícia do infortúnio envolvendo pessoas da comunidade foi recebida pela ICN com muita tristeza. A todos, nosso conforto e sentimento de profundo pesar.

 

Itaguaí Construções Navais (ICN)

Pescadores da Ilha da Madeira retiraram a embarcação Lucas Mar que naufragou na última sexta-feira (8). Homenagem às vítimas será no domingo (17)

NAUFRÁGIO Pescadores da Ilha da Madeira resgataram uma das embarcações que naufragou na localidade conhecida com Laminha, na Baía de Sepetiba, na última sexta-feira (8), vitimando 12 pessoas.

ECOLOGIA Celebrada oficialmente entre os dias 1 e 5 de Junho, a Semana do Meio Ambiente, ganhou o status de mês do meio ambiente no Parque Estadual Cunhambebe.

AÇÃO SOCIAL A Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos de Seropédica está empenhada em arrecadar roupas e agasalhos para a campanha “Gente boa, doa.”

Página 1 de 80

Mais Serviço

Últimas Notícias

Alunos de Mangaratiba participam de Conferência

Estudantes já haviam participado de... (leia mais)

Bairro Estrela do Céu recebe atividades culturais

Programação gratuita contou com feira... (leia mais)

Escola de Itaguaí promove exposição de temática social

Uma exposição de trabalhos relacionados... (leia mais)

Nota em Solidariedade da ICN

A Itaguaí Construções Navais (ICN)... (leia mais)