Jun 25, 2017 Last Updated 3:00 AM, Jun 23, 2017

Programa InovAtiva Brasil seleciona 300 startups para ciclo de aceleração

O InovAtiva bate recorde de inscrições ao oferecer capacitação em empreendedorismo inovador O InovAtiva bate recorde de inscrições ao oferecer capacitação em empreendedorismo inovador FOTO DIVULGAÇÃO
Publicado em Serviço
Ler 2002 vezes
Avalie este item
(0 votos)
Marcado sob

Lista conta com empresas inovadoras iniciantes de 18 setores da economia

EMPRESAS TECNOLÓGICAS O programa InovAtiva Brasil selecionou 300 startups para o 1° Ciclo de Aceleração de 2017. A lista (disponível em: https://goo.gl/uvPfR2), foi divulgada na última segunda-feira (20) pelo Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC) e pelo Sebrae, conta com empresas inovadoras iniciantes de 18 setores da economia, com destaque para tecnologia da informação (25%), serviços (16%), saúde (12%) e agronegócios (11%).

 

Essas empresas estão espalhadas por 103 cidades de 24 estados. São Paulo obteve registro de 24% de startups aprovadas. Em seguida, estão Minas Gerais (13,33%) e Rio de Janeiro (10%).

A cada ano, o InovAtiva bate recorde de inscrições ao oferecer capacitação em empreendedorismo inovador; acesso a mentores nacionais e internacionais; conexão com possíveis parceiros e investidores; além de suporte para internacionalização e vantagens na adesão a outros programas de fomento oferecidos por instituições parceiras.

‘‘Nesse ciclo foram 1.793 propostas submetidas, 30% a mais que o melhor resultado anterior, o que significa que a competição foi muito maior, temos 300 empresas realmente qualificadas”, informou o secretário de Inovação e Novos Negócios do MDIC, Marcos Vinícius de Souza.

Ele destacou que o objetivo do InovAtiva Brasil é qualificar startups com ideias e tecnologias incríveis, mas com pouco conhecimento de negócio. “São empreendedores com grande potencial, mas que em geral ainda não falam a língua do mercado, não sabem como atingir o seu cliente e abordar um potencial investidor. Auxiliamos nesse primeiro passo e entregamos elas mais estruturadas apenas quatro meses depois”, completou.

O presidente do Sebrae, Guilherme Afif Domingos, também ressaltou a relevância da ação para o segmento.

“O InovAtiva traz uma série de impactos positivos para as empresas participantes. Esses resultados podem ser percebidos no aumento da sobrevivência das empresas, da expectativa de faturamento e da valorização no mercado em que atuam”, disse o presidente do Sebrae, Guilherme Afif Domingos.