Mar 29, 2017 Last Updated 3:00 AM, Mar 29, 2017

Extra e pão de açúcar contratam pessoas com deficiência no Rio de Janeiro

São mais de 240 vagas em todo o Rio de Janeiro. A formação necessária varia de ensino fundamental incompleto até ensino médio completo  São mais de 240 vagas em todo o Rio de Janeiro. A formação necessária varia de ensino fundamental incompleto até ensino médio completo  FOTO DIVULGAÇÃO
Publicado em Serviço
Ler 1076 vezes
Avalie este item
(0 votos)

VAGAS As redes de varejo Extra e Pão de Açúcar estão com vagas abertas para pessoas com deficiência em todo o Brasil. São mais de 700 oportunidades para as posições de operador de caixa, repositor de mercadoria, atendente de loja e empacotador. No Rio de Janeiro, são mais de 240 vagas em todo o estado.

Para se candidatar, o interessado deve ter mais de 18 anos. A formação necessária, de acordo com a vaga, varia de ensino fundamental incompleto até ensino médio completo.

As redes varejistas Extra e Pão de Açúcar, que fazem parte do grupo GPA, contam com cerca de 1.500 profissionais que possuem algum tipo de deficiência. É o caso da operadora de loja Crislaine Lopes, deficiente física, que trabalha no Extra há sete anos.

Para ela, além da independência financeira, o trabalho deu motivação e qualidade de vida. “Exercer essa atividade mostrou que sou capaz de ir longe e que, embora com deficiência na perna, posso trabalhar e lutar pelo melhor para o meu filho e para mim. O Extra me deu oportunidade para descobrir minha competência e acreditar que sou capaz”, disse.

Os benefícios incluem salário compatível com o mercado, vale transporte, cesta básica, participação nos lucros e resultados e convênios médico e odontológico.

Para se candidatar a qualquer uma das vagas, é preciso acessar o site www.gpabr.com/vagas e colocar em palavra-chave “PCD”. Após localizar a vaga, o candidato deve inserir suas informações, manifestando o interesse. Caso não seja sua vaga de interesse, cadastre seu currículo para futuras oportunidades em “cadastre-se”.