Feb 21, 2018 Last Updated 2:08 PM, Feb 21, 2018

Destaques

UFRuralRJ está em pesquisa do …

Juntos, negros e pardos já representavam, há três anos, 47,5% do total de estuda...

Projeto Praia Verão 3ª Idade i…

Itacuruçá foi o primeiro núcleo a realizar as atividades com suas integrantes I...

Mais uma doença de verão: Conj…

Com alto risco de contaminação, saiba como evitar esse grande incômodo na vista ...

Começa a segunda fase de pré-matrículas para escolas públicas estaduais

O ano letivo na rede estadual começa no dia 5 de fevereiro O ano letivo na rede estadual começa no dia 5 de fevereiro FOTO REPRODUÇÃO
Publicado em Serviço
Ler 288 vezes
Avalie este item
(0 votos)

EDUCAÇÃO- A Secretaria de Estado de Educação (Seeduc) abre, até dia 19 deste mês, a 2ª fase de pré-matrículas. Mais uma chance para aqueles que desejam estudar na rede pública de ensino. As inscrições deverão ser realizadas pelo site Matrícula Fácil (www.matriculafacil.rj.gov.br).

Nessa etapa, será considerada a ordem da inscrição. Hoje (16), a partir das 8h, e amanhã (17) serão exclusivos dos candidatos que não foram alocados na 1ª fase da pré-matrícula. Já os dias 18 (a partir das 8h) e 19 de janeiro serão destinados àqueles que não se inscreveram anteriormente e aos que não confirmaram a reserva de vagas.

No momento da inscrição, o estudante pode escolher entre as unidades de ensino médio regular ou que funcionam em tempo integral e ofertam ensino médio integrado à educação profissional, em que o estudante também faz um curso técnico; ensino médio intercultural, que promove a proficiência em uma língua estrangeira; ensino médio inovador, com propostas curriculares inovadoras nas escolas; ensino médio profissionalizante em empreendedorismo, além de unidades que ofertam curso normal (formação de professores) e Educação de Jovens e Adultos (EJA).

CONFIRMAÇÃO

Após efetuar a inscrição pela internet, o candidato deverá confirmar a vaga, de 24 a 26 de janeiro, na unidade na qual foi alocado e apresentar os seguintes documentos: Carteira de Identidade ou documento que a substitua (Certidão de Nascimento ou Casamento) original e CPF, se possuir; Histórico Escolar ou Declaração da última unidade de ensino em que estudou, constando a série para a qual o aluno está habilitado; Carteira de Identidade e CPF do responsável legal, no caso de menor de 18 anos; Laudo comprobatório de deficiências declaradas (se for o caso), na forma prevista no § 3º, do art.18; e Comprovante de Residência.