Sep 21, 2017 Last Updated 10:46 PM, Sep 20, 2017
 
 
 
 
 

Cadastro de empresas para informatização do SUS estará disponível 30 dias

O ministro Ricardo Barros anuncia recursos para conclusão do hospital em Nilópolis O ministro Ricardo Barros anuncia recursos para conclusão do hospital em Nilópolis FOTO TOMAZ SILVA
Publicado em Serviço
Ler 208 vezes
Avalie este item
(0 votos)

SAÚDE Uma lista de empresas cadastradas para atuar na informatização das unidades de saúde estará disponível para prefeitos de todo o país em cerca de 30 dias, informou sexta-feira (11) o ministro da Saúde, Ricardo Barros. Ele disse que mais de 120 empresas compareceram à audiência pública sobre o tema e que um cadastro ficará permanentemente aberto para que novas empresas se candidatem a prestar o serviço.

Barros visitou unidades de saúde na Baixada Fluminense e disse que a União vai dividir os custos da informatização com os municípios. No caso daqueles que já adotam essas práticas, o governo federal vai dar uma contrapartida para auxiliar no compartilhamento das informações.

A União também vai ser responsável pelo cadastro das empresas que poderão ser contratadas, e os municípios deverão escolher a prestadora de serviço, instalar conectividade e equipamentos e treinar os servidores.

Além da instalação do prontuário eletrônico, a informatização busca o registro da biometria dos usuários e servidores públicos do Sistema Único de Saúde (SUS). O objetivo do ministério é monitorar o cumprimento da jornada de trabalho dos profissionais e facilitar o acesso deles às informações sobre pacientes.

Sobre os médicos do SUS, Barros estimou que, se os 67 mil profissionais cumprissem 24 horas semanais de consultas, com duração de 15 minutos, o número de consultas dobraria. "Não é esforço nenhum. é só cumprir o contrato de concurso público que foi feito com a comunidade, que é o patrão de todos nós, servidores públicos", disse ele, que reconheceu que será necessário "remunerar melhor" os profissionais.