Loading...
Aug 17, 2018 Last Updated 12:51 PM, Aug 16, 2018

Polícia Civil faz operação contra grupo criminoso em Itaguaí

DURANTE A operação, agentes da Polícia Civil apreenderam um computador DURANTE A operação, agentes da Polícia Civil apreenderam um computador FOTO REPRODUÇÃO
Publicado em Polícia
Ler 3475 vezes
Avalie este item
(4 votos)

 Os agentes buscam mais de 40 pessoas acusadas de integrar grupo que aterroriza moradores e comerciantes do município

AÇÃO A Polícia Civil realizou, na manhã de quinta-feira (2), a Operação Freedom de combate à  um grupo criminoso no Rio de Janeiro e na Região Metropolitana. Os agentes cumprem mais de 40 mandados de prisão contra o grupo, que atua no município de Itaguaí.

De acordo com as investigações, os suspeitos teriam ligação com grupos de exploradores que atuam em Campo Grande, Cosmos, Santa Cruz e Paciência, na zona oeste da capital.

Até às 10h de quinta-feira, 25 pessoas haviam sido presas. A quadrilha é acusada de extorquir de comerciantes e moradores dos bairros de Chaperó, Ponte Preta, Coroa Grande, Reta, Engenho, Mazomba e Brisamar. O grupo também praticaria roubos e adulteração de veículos, receptação, tráfico de drogas e homicídios, segundo informações da 50ª DP (Itaguaí).

Os agentes encontram ainda um cemitério clandestino, também em Itaguaí, onde a quadrilha enterrava suas vítimas. Na ação, os policiais apreenderam armas e um computador.

Todos os detidos foram levados para a Cidade da Polícia, no Jacaré, na Zona Norte do Rio de Janeiro.

ATENTADO E ATAQUE

Durante as investigações, a polícia recebeu denúncias de que o grupo de Itaguaí planejava um atentado contra a vida do titular da 50ª DP, Moysés Santana Gomes, além de atacar a própria delegacia.

No decorrer das investigações, percebeu-se que grupo do município atuava como uma "franquia" da Liga da Justiça