Loading...
Aug 22, 2018 Last Updated 2:58 PM, Aug 17, 2018

Arte difunde meios de proteger crianças e adolescentes

COORDENADORAS NA ação contra abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes COORDENADORAS NA ação contra abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes FOTO VINICIO DA MATTA
Publicado em Cotidiano
Ler 676 vezes
Avalie este item
(1 Votar)

Semana de manifestação contou com ação coletiva gratuita na Praça Vicente Cicarino, em Itaguaí

EVENTO Com o intuito de mobilizar e chamar atenção da população contra o abuso e exploração sexual de criança e adolescentes, a comissão formada pelo Conselho Municipal de Direitos da criança e do Adolescente (CMDCA), Secretaria de Assistência Social, Secretaria de Educação, Esporte e Cultura e a Secretaria de saúde de Itaguaí realizou na manhã de quinta-feira (17) atividades na Praça Vicente Cicarino, no centro.

 A escolha do dia se dá pelo “Caso Araceli”, de 1973, uma criança de apenas oito anos de idade brutalmente assassinada depois de ter sido violentada sexualmente por três homens em Vitória (ES). Dada à repercussão do caso, uma forte mobilização da sociedade brasileira levou à criação de um dia dedicado ao combate desse tipo de violência.

Segundo Angélica Sanches, coordenadora do projeto, o trabalho da CMDCA é voltado para crianças que sofrem violência doméstica ou por parte de vizinhos. ‘’Infelizmente a notificação de casos de violência em Itaguaí é pequena.  Existem muitos casos de abusos, mas é preciso que as pessoas notifiquem’’ – Declara.

O evento destinado à comunidade teve prestação de serviços como vacinação e saúde bucal. Além disso, ação contou com apresentações de aproximadamente de 100 crianças e adolescentes de projetos sociais como a Escola de Dança de Itaguaí, a Escola de violino, do professor Adriano, o Projeto Batuque e a ginasta Manoella Aparecida.

O coordenador do projeto Garoto Cidadão que também se apresentou no evento, Jorge Alex, reforçou a importância da ação ‘’ Tratar dessa temática que aconteceu em 197 e que ainda hoje há altos índices de violência, é necessário que todas as instituições se mobilizem para trabalhar em prol dessas vítimas.

Como resultado da ação, três pessoas relataram que foram vítimas de assédio sexual. Elas foram encaminhas para a Secretaria de Assistência para serem atendidas. ‘’É um número pequeno, mas essas três pessoas vão resolver um problema na vida delas e vão impulsionar para que outras pessoas nos procurem’’ – disse Angélica Sanches.

Ainda Segundo a coordenadora, a CMDCA juntamente com as outras Secretarias, pretende dar continuidade ao evento nos próximos anos.

Evento continua hoje

Haverá na sexta-feira (18) um simpósio, na Câmera Municipal de Itaguaí, a partir de 08:30 destinado a capacitar os profissionais do município. Estarão presentes diretores de escola, coordenadores pedagógicos, orientadores educacionais, coordenadores de unidades de saúde e pessoas ligadas a projetos no município.

O debate abordará assuntos como a ficha de notificação de casos de abusos, sinais de violência sexual, entre outros assuntos.  O evento teve inscrições prévias, mas ainda há algumas vagas.

Em casos de denúncia, disque 100 ou busque Conselho tutelar de Itaguaí o telefone é 26871508.

 

VINICIO DA MATTA

Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.