Loading...
Aug 18, 2018 Last Updated 2:58 PM, Aug 17, 2018

Polícia estima que extração ilegal de areia em Seropédica renda R$ 60 mil por mês

FOTO Polícia Civil/ Divulgação FOTO Polícia Civil/ Divulgação EXTRAÇÃO ILEGAL de areia em Seropédica pode causar danos ao solo e ao meio ambiente
Publicado em Polícia
Ler 618 vezes
Avalie este item
(0 votos)

A operação da Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente (DPMA), na última terça-feira (15), resultou na prisão de 12 pessoas e revelou também o faturamento de grupos de exploradores de Seropédica com a extração ilegal de areia na Baixada Fluminense.

A investigação da polícia concluiu que empresas de extração são ameaçadas por esses grupos para pagar R$ 1 mil por areal explorado, na Reta de Piranema.

O delegado titular da Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente (DPMA), Antônio Ricardo Nunes disse em entrevista que como são mais ou menos 60, a estimativa de lucro era de R$ 60 mil, só de areal.

Ainda de acordo com a polícia, há relatos na investigação de exploradores teriam tomado o controle de empresas que não pagavam a taxa. Na operação, a polícia apreendeu oito caminhões.

Segundo informações da delegacia especializada, a retirada ilegal de solo pode causar erosão acelerada e compactação do solo.