Loading...
Jul 23, 2018 Last Updated 1:48 PM, Jul 20, 2018

Polícia prende homem suspeito de atropelar transexual em Santa Cruz

Coordenadoria Especial da Diversidade Sexual investiga crime de transfobia Coordenadoria Especial da Diversidade Sexual investiga crime de transfobia FOTO REPRODUÇÃO
Publicado em Polícia
Ler 852 vezes
Avalie este item
(0 votos)

Autor foi reconhecido por vítima na delegacia. Agressão aconteceu após rapaz se recusar a pagar por programa

LESÃO CORPORAL Policiais da Delegacia de Atendimento às Mulheres (Deam) Oeste, prenderam, nesta tarde de quarta-feira (28), um homem, de 36 anos, responsável por atropelar a transexual Grazyelle Silva no último dia 18. De acordo com a delegada Cristiane Carvalho de Almeida, o atropelamento foi intencional e a mulher ainda teria sofrido agressões físicas após realizar o "programa".

Segundo a delegada, o fato ocorreu na Avenida das Américas, nas proximidades da estação do BRT Vivendas da Varanda, altura de Santa Cruz. A vítima foi encaminhada para o Hospital Municipal Pedro II, na Zona Oeste do Rio, onde passou por cirurgia para reconstrução da perna esquerda. Grazyelle ficou internada por cinco dias até receber alta.

Nesta quarta, a vítima reconheceu, na delegacia, o autor do atropelamento. O homem foi autuado por lesão corporal. A pena pode chegar até oito anos de prisão. Segundo os investigadores, o crime teria sido motivado por transfobia, já que o agressor não pagou o programa e ainda atropelou a vítima.

A Deam informou que após resolução de 2017, as delegacias de mulheres possuem atribuição para atendimento de qualquer ocorrência envolvendo transexuais e afins. A ideia é encorajar a vítima a procurar atendimento policial em uma delegacia especializada.

Última modificação em Segunda, 02 Abril 2018 11:04