Jan 21, 2018 Last Updated 5:06 PM, Jan 19, 2018

Destaques

Light está com vagas para elet…

OPORTUNIDADE- A Light divulgou na quinta-feira (18), por meio das redes sociais...

Postos de vacinação contra a f…

FEBRE AMARELA – Aumentou o número de postos de vacinação de Seropédica que estar...

Protesto pela vacina da febre …

Moradores do bairro Vista Alegre fecharam rua da UBS pedindo vacina. A dose é of...

Adolescente desaparece a caminho da escola

Mário Cosme está desaparecido há 13 dias. Ele estava a caminho da escola, mas não chegou ao local Mário Cosme está desaparecido há 13 dias. Ele estava a caminho da escola, mas não chegou ao local FOTO DIVULGAÇÃO
Publicado em Polícia
Ler 1944 vezes
Avalie este item
(11 votos)

Mário Cosme estava sozinho e segundo relatos, foi levado por homens em um carro não identificado. Desde então, não foi mais visto

SUMIÇO- O adolescente Mário Cosme Soares Alves, de 15 anos, desapareceu a caminho da escola Municipalizada Prefeito Abelardo Goulart de Souza, na tarde do dia 22 dezembro, no Parque Paraíso, em Itaguaí. Ele saiu de casa, no bairro Estrela do Céu trajando uma blusa cinza, bermuda jeans e chinelo branco.

A irmã do rapaz, Nayara Santos, contou que Mário saiu de casa para ir à escola sozinho para buscar o boletim escolar, mas não chegou ao seu destino. Segundo Nayara, ele foi visto pela  última vez próximo a instituição de ensino. Ele teria sido abordado por homens em um veículo não identificado. “Disseram que ele foi colocado dentro desse carro a força. Desde esse dia não vi mais o meu irmão”, relembra ela.

A família está desesperada por notícias de Mário. De acordo com a irmã, o adolescente tem bom relacionamento em casa e com os amigos e não tem envolvimento com tráfico de drogas. “Ele é tranquilo, faz esporte, frequenta a igreja Batista Central de Itaguaí e não faz mal a ninguém... Acho que confundiram ele com outra pessoa. Só pode!” especula ela.

 

O caso foi registrado no 50ª DP (Itaguaí).  Mário Cosme está entre as 31 pessoas desaparecidas na cidade no período de janeiro a novembro de 2017. Os dados são do Instituto de Segurança Pública (ISP)