Loading...
Sep 18, 2018 Last Updated 12:52 PM, Sep 18, 2018

Rodovias na região são desafios para futuros gestores e parlamentares

Publicado em Poder
Ler 304 vezes
Avalie este item
(0 votos)

Jornal ATUAL inicia hoje série de mapeamentos de problemas que devem estar nas agendas de compromissos de postulantes ao Governo do Estado e aos demais cargos em disputa

COMPROMISSO Um recente editorial do ATUAL, intitulado “Propostas caras à região”, alertava aos leitores sobre propostas que são fundamentais para o crescimento da região e que agora se transformam em desafio para os postulantes à sucessão estadual, bem como aos candidatos ao Senado Federal, à Câmara dos Deputados e à Assembleia Legislativa do Estado do Rio. São problemas comuns aos municípios de Itaguaí, Seropédica e Mangaratiba, e, também, à Zona Oeste da cidade do Rio por conta da proximidade e das características similares que guardam entre si.

Uma das importantes providências a serem cobradas é a duplicação da (BR-465) antiga Estrada Rio-São Paulo, entre Campo Grande e Seropédica, de modo a fazer frente às intensas demandas de tráfego que por ali se verificam todos os dias, especialmente o gargalo que se forma nas proximidades da divisa entre Campo Grande e Nova Iguaçu. Outra via que merece atenção é a RJ-099, a Reta de Piranema, cujo estado de conservação é lastimável e se tornou um convite à insegurança pela iluminação precária, asfalto decadente, falta de acostamentos e de equipamentos urbanos. 

Igualmente importante e estratégico, o Arco Metropolitano é mais uma via que carece de atenção oficial, uma vez que seu traçado atende às demandas logísticas do Porto de Itaguaí, que certamente vão se avolumar com a ampliação daquele complexo portuário já relevante em nível nacional e até internacional. Ali os problemas mais comuns se referem à falta de segurança, carência de iluminação e a necessidade de um planejamento urbanístico que prepare suas margens para abrigar complexos logísticos e, possivelmente, projetos habitacionais.

A Rodovia Rio-Santos também não foge à regra da necessidade de atenção, dada a sua importante função de dar acesso aos paraísos turísticos da Costa Verde, de ser rota de seguida para as usinas nucleares de Angra dos Reis, bem como a ligação com o estado de São Paulo. O projeto que sinaliza sua duplicação até Paraty vem bem a calhar nesse momento de cobrança de compromissos. Mas antes dele, a necessária conclusão das obras de melhorias até Mangaratiba, ainda incompletas, é um prioritário dever de casa, exigindo, por exemplo, a melhoria das vias paralelas, a recuperação de determinados trechos, especialmente o das pistas dos túneis ao longo de seu traçado. 

O citado editorial destacava que é dever dos cidadãos, fiscalizar e cobrar melhorias para o nosso país, o que deve começar pelo comprometimento com a cobrança dessas melhorias e de outras, a quem de direito, os senhores candidatos. Com essa série de reportagens, o ATUAL vai lembrar iniciativas que, obrigatoriamente, devem estar nas agendas de compromissos de postulantes aos cardos em disputa agora em outubro.

 

RENATO REIS

Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.