Loading...
Aug 14, 2018 Last Updated 3:01 PM, Aug 13, 2018

Itaguaí comemora 200 anos com festividade cultural

O BAIRRO Estrela do Céu foi o contemplado com as atividades culturais na 4ª edição do evento O BAIRRO Estrela do Céu foi o contemplado com as atividades culturais na 4ª edição do evento FOTO RAFAEL CICARINO
Publicado em Cotidiano
Ler 498 vezes
Avalie este item
(0 votos)

Sandra de Sá é a atração especial da 5ª edição do projeto Ativação Cultural Itaguaí 200 Anos, que acontece no Centro

PROJETO Itaguaí comemorou seus 200 anos de emancipação na última quinta-feira (5), mas desde março diversas atividades culturais passaram por diferentes pontos da cidade para comemorar o bicentenário. O projeto Ativação Cultural Itaguaí 200 Anos, que tem o patrocínio da Vale e do Ministério da Cultura, realiza a sua quinta edição no dia 21 de julho, sábado, a partir das 10h, com saída de cortejo cultural da Praça da Aclamação em direção à Praça Vicente Cicarino, ambas no Centro. A edição terá uma atração especial oferecida pela Globo Rio: Sandra de Sá em o “Baculêju da De Sá”.

Todo mês, a programação do projeto tem um tema. Depois de “Os Índios”, “Os Jesuítas”, ‘O Engenho de Açúcar do Facão” e “O Nascimento da Cidade”, o tema da vez é “O Príncipe Regente”. Por isso, a abertura da quinta edição contará com um príncipe andando a cavalo durante o cortejo cultural.

Até dezembro, as atividades culturais temáticas acontecem em outros pontos do município, oferecendo oficinas gratuitas, atrações musicais, feira de artesanato e muito mais. As ações também acontecem nas escolas da cidade. Desde março, diversas unidades escolares receberam a equipe do projeto Ativação Cultural Itaguaí 200 Anos que entregam uma cartilha contando a história da cidade e realizam atividades circenses como perna de pau e tecido acrobático, além de apresentações de poesias e música.

Segundo a idealizadora do projeto Ativação Cultural Itaguaí 200 anos, Alessandra Reis, o objetivo das ações é buscar o resgate da memória social e das raízes dos itaguaienses. “Toda a equipe se sente privilegiada por poder fazer um projeto que faz parte da nossa cidade. Quero agradecer ao Ministério da Cultura e a empresa Vale, que estão patrocinando por meio da Lei de Incentivo à Cultura, por acreditar nesse trabalho que visa ao resgate da nossa memória social. E que assim, a partir do conhecimento das nossas raízes, possamos projetar um futuro melhor”, destaca.