Loading...
Jul 20, 2018 Last Updated 1:48 PM, Jul 20, 2018

Pré-candidato do PSC ao Governo do Rio, Wilson Witzel visita a região

Publicado em Poder
Ler 228 vezes
Avalie este item
(0 votos)

TRÊS CIDADES Pré-candidato ao Governo do Estado pelo Partido Social Cristão (PSC), o ex-juiz federal Wilson Witzel visitou, na quarta-feira (27), as cidades de Angra dos Reis, Itaguaí e Mangaratiba para conhecer as demandas da região, aproveitando para apresentar ideias relacionadas às realidades encontradas. Durante a visita, ao ser questionado sobre seu diferencial em comparação com os outros pré-candidatos, ele disse que não entrará na disputa buscando poder. “No Judiciário, eu tinha um cargo vitalício do qual abri mão em prol de um sonho: trabalhar para resgatar o Rio de Janeiro”, justificou.

A primeira parada de Witzel foi em Angra dos Reis, onde participou de encontro na Igreja Evangélica Ministério Bom Samaritano, em Japuíba. Ali ele conversou com adictos do Centro de Reabilitação Bom Samaritano, programa social mantido pela igreja que atende dependentes químicos. “O Estado precisa investir em ação social para devolver a dignidade às pessoas que hoje estão à margem”, disse ele, na presença de membros e lideranças da igreja.

Em Mangaratiba o pré-candidato visitou o Iate Clube de Muriqui, onde assistiu ao jogo do Brasil contra a Sérvia pela Copa do Mundo. Ao término da partida, Witzel falou para os mais de 50 presentes, entre eles membros do PSC local.

No fim do dia, Witzel esteve em Itaguaí, na Igreja Assembleia de Deus Ministério Madureira. “É necessário investir em mobilidade urbana para que o turista que chegue à cidade do Rio tenha mais facilidade para visitar os outros pontos turísticos do estado como um todo, incluindo a Costa Verde”, destacou.

Wilson Witzel disse que entre as suas prioridades para o estado estão a segurança pública e o combate à corrupção. “O Rio de Janeiro precisa de uma Lava-Jato da Segurança, para que possamos ter resultados efetivos contra o crime. Só assim será possível devolver a paz às famílias”, salientou. “Se Deus quiser, vamos reorganizar o estado e garantir os direitos da população”, concluiu, assegurando que o maior desafio da sua vida será arrumar o Rio.