Loading...
Jun 20, 2018 Last Updated 1:54 PM, Jun 20, 2018

Política de Educação Ambiental é alterada

Publicado em Poder
Ler 394 vezes
Avalie este item
(1 Votar)

NORMA A educação ambiental no ensino público e privado do Estado do Rio deverá ser interdisciplinar, abordando, além do meio ambiente, aspectos socioeconômicos e culturais, bem como questões regionais e globais, sob o enfoque da sustentabilidade e da ética. A determinação é da Lei 7.973/18, de autoria do deputado Nivaldo Mulim (PR), que complementou a Política Estadual de Educação Ambiental (criada pela Lei 3.325/99). A norma foi sancionada pelo governador Luiz Fernando Pezão e publicada no Diário Oficial de quinta-feira (24).

Segundo a alteração, o ensino ambiental também deverá abordar, entre outros tópicos, a saúde e o bem-estar dos animais, as mudanças climáticas, o consumo sustentável, o uso de agrotóxicos, o saneamento ambiental e a reciclagem. “Esses aspectos precisam ser trabalhados nas escolas fluminenses. Destaco principalmente o direito dos animais. Todos devem aprender a respeitar e cuidar de todos os seres vivos”, ressaltou o autor.

Mais Poder

Últimas Notícias

Mangaratiba participa de Feira de Turismo

TURISMO O município de Mangaratiba... (leia mais)

Parque Estadual Cunhambebe comemora uma década

COMEMORAÇÕES Para comemorar o aniversário... (leia mais)

Canal é usado para reparos de embarcação

Moradores de Coroa Grande denunciam... (leia mais)

Alunos de Mangaratiba participam de Conferência

Estudantes já haviam participado de... (leia mais)