Loading...
Aug 22, 2018 Last Updated 2:58 PM, Aug 17, 2018

Política de Educação Ambiental é alterada

Publicado em Poder
Ler 656 vezes
Avalie este item
(1 Votar)

NORMA A educação ambiental no ensino público e privado do Estado do Rio deverá ser interdisciplinar, abordando, além do meio ambiente, aspectos socioeconômicos e culturais, bem como questões regionais e globais, sob o enfoque da sustentabilidade e da ética. A determinação é da Lei 7.973/18, de autoria do deputado Nivaldo Mulim (PR), que complementou a Política Estadual de Educação Ambiental (criada pela Lei 3.325/99). A norma foi sancionada pelo governador Luiz Fernando Pezão e publicada no Diário Oficial de quinta-feira (24).

Segundo a alteração, o ensino ambiental também deverá abordar, entre outros tópicos, a saúde e o bem-estar dos animais, as mudanças climáticas, o consumo sustentável, o uso de agrotóxicos, o saneamento ambiental e a reciclagem. “Esses aspectos precisam ser trabalhados nas escolas fluminenses. Destaco principalmente o direito dos animais. Todos devem aprender a respeitar e cuidar de todos os seres vivos”, ressaltou o autor.