Loading...
Aug 19, 2018 Last Updated 2:58 PM, Aug 17, 2018

Quilombolas em Mangaratiba: em busca da liberdade

Publicado em Poder
Ler 916 vezes
Avalie este item
(0 votos)

Juvenal Araújo Júnior, secretário Especial de Politicas de Promoção da Igualdade Racial do Governo Federal, visita comunidade da Fazenda Santa Justina e Santa Luzia vítima de racismo

LIBERDADE A comunidade de remanescentes de quilombos da Fazenda Santa Justina e Santa Luzia, da Ilha do Saco, em Mangaratiba enfrenta o desafio de superar a escravidão, racismo e direito de ir e vir em pleno século 21. A luta dos quilombolas tem chamado a atenção de diversas pessoas que militam por esta causa. O último a visitar, de surpresa, a comunidade, foi Juvenal Araújo Júnior, secretário Especial de Politicas de Promoção da Igualdade Racial do Governo Federal (SEPPIR) e Presidente Nacional do Secretariado da Militância Negra do PSDB. Ele esteve na Fazenda na última quarta-feira (24), após acompanhar denúncias ao Ministério Público Federal referente à comunidade.

O sofrimento das famílias quilombolas da Fazenda Santa Justina e Santa Luzia impactou o secretário do SEPPIR, acostumado a acompanhar a situação de quilombolas por todo o país, através do Programa Brasil Quilombola – trabalho que estava paralisado há quatro anos, e retornou em 2017. “Constatei ao percorrer toda a extensão da comunidade, certificada pela Fundação Cultural Palmares, várias violações de direitos humanos”, descreveu o secretário Juvenal as condições da comunidade. 

O secretário do SEPPIR, Juvenal Araújo prometeu acionar, além do Ministério Público Federal, todos os órgãos responsáveis: Federal, Estadual e Municipal para que os quilombolas da região tenham o direito constitucional respeitado.

 

Renata Pires

Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.