Jan 16, 2018 Last Updated 12:31 PM, Jan 16, 2018

Destaques

Seropédica: Matrículas abertas

A renovação, tanto do ensino fundamental como do EJA, vai até o dia 19 de janeir...

Município de Mangaratiba promo…

ATIVIDADES- Crianças de Mangaratiba de sete a dezessete anos poderão participar ...

Material escolar 2018: os melh…

O ATUAL foi às lojas da cidade e constatou que o mercado oferece produtos para t...

Determinação contra a violência

Publicado em Poder
Ler 636 vezes
Avalie este item
(0 votos)

Recém-chegado ao comando da 5ª Cia/Itaguaí capitão Vaz reconhece os desafios que terá pela frente para garantir a segurança na cidade

ENTREVISTA – A frente da 5ª Cia/Itaguaí, que policia o município de Itaguaí, cerca de duas semanas, capitão Vaz tem a responsabilidade de garantir a segurança de cento e vinte mil habitantes em uma área de mais de 270 km2. Com passagens pelo 10º BPM (Barra do Piraí), 37º BPM (Resende) e pelo 19º BPM (Copacabana), onde permaneceu durante um ano, ele reconhece os desafios que terá pela frente para minimizar os impactos da criminalidade na cidade. Sem presença da Guarda Municipal e Grupamento Tático Ostensivo (GTO), a Polícia Militar (PM) é a única esperança de garantia do direito de ir e vir no município. Em entrevista ao ATUAL durante a reunião do Conselho Comunitário de Segurança Pública de Itaguaí (CCSPI) realizada na segunda-feira (18), na sala de reunião da Câmara de Dirigentes Logistas (CDL), capitão Vaz fala sobre as estratégias traçadas em sua gestão. A seguir, acompanhe os principais trechos da conversa.

SEGURANÇA

A falta da atuação da guarda municipal chegou na semana passada e acaba sendo mais uma dificuldade para a Polícia Militar (PM). Hoje estivemos reunidos com o pessoal da Assistência Social do município para conhecer as demandas dos Centros de Referência e Assistência Social (CRAS). Nossa ideia é sempre somar, mas não podemos deixar de transmitir a dificuldade operacional e de estrutura que nós temos.

PARCERIA

O trabalho da PM é realizado junto com a integração com a população. Através dos relatos, anseios e dificuldades a gente percebe que Itaguaí tem bastante dificuldade e trabalho a fazer. O capitão Caldas tinha algumas parcerias, inclusive com a promotoria e ajuizado; e a gente pretende manter a mesma linha. Sabemos que a responsabilidade quanto a segurança é do Estado, mas a colaboração da sociedade é extremamente importante.

DIFICULDADE

A carência de viatura é uma das nossas maiores dificuldades. Já estamos em contato com o setor de logística do BPM. Mas, um novo convênio de reparos da PM está sendo realizado e já devemos ser atendidos no próximo ano.

ATUAÇÃO

Nosso primeiro passo é realizar um policiamento ostensivo para inibir a criminalidade no município. Depois dessa etapa, outros passos serão consequências deste trabalho.

Agora para o final de ano o policiamento está esquematizado e haverá reforço no efetivo em áreas onde terão maior concentração de pessoas, como por exemplo, Coroa Grande e o Centro da cidade. A gente entende a importância de garantir segurança nessas áreas. Depois vamos atuar nos demais bairros que também precisam ser contemplados.

Com a soltura da população carcerária, beneficiada com a saída temporária do final do ano a preocupação aumenta ainda mais, principalmente no momento festivo. Muitas pessoas circulam com uma quantidade maior de dinheiro, por isso o policiamento no Centro é maior.

MENSAGEM

 

A população pode contar com a PM. A gente reconhece as dificuldades, mas temos nossos canais de comunicação onde a polícia necessita dessa parceria maior. Ele é a mola mestre do serviço da PM. Todo trabalho que é desenvolvido é desencadeado para o cidadão. Pode depositar em nós essa responsabilidade de dar boa resposta, de melhorar os índices de criminalidade na cidade e de proporcionar sensação de segurança em Itaguaí. A gente quer que o cidadão ande com segurança na rua, e tenha a certeza que ao sair com a família vai voltar pra casa em segurança.

 

CLEITON BEZERRA

RENATA PIRES

 

Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.