Loading...
Jun 23, 2018 Last Updated 1:47 PM, Jun 21, 2018

TRE aprova mudanças em zonas eleitorais do Rio de Janeiro

Publicado em Poder
Ler 1186 vezes
Avalie este item
(0 votos)

Quantidade de zonais eleitorais em Itaguaí e Seropédica continuam as mesmas, mas em Mangaratiba haverá rezoneamento

 

ELEIÇÃO Depois que o Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro (TRE/RJ) concluiu o rezoneamento  das zonas eleitorais na capital e interior do estado  foram extintos 48 cartórios eleitorais. Com isso, o número de zonas eleitorais no Rio foi reduzido de 249 para 165. Os eleitores inscritos nessas unidades, contudo, não precisam realizar nenhum tipo de operação, desde que sua situação esteja regular.

Uma fonte da 105ª Zona Eleitoral, de Itaguaí, informou que na cidade não será necessário o remanejamento, situação semelhante a que ocorre em Seropédica. Já o município de Mangaratiba vai passar pelo rezoneamento.

O TRE destaca que o rezoneamento não altera o local de votação dos eleitores, mas aqueles que pertencerem às zonas ou cidades afetadas terão os dados do título alterados. No site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) é possível consultar a relação completa das zonas eleitorais extintas, com os endereços e o cronograma das mudanças, já aprovadas.

Conforme o TSE, para definir as mudanças, foram considerados critérios como densidade demográfica, a área territorial, formas de acesso dos eleitores, localização, municípios limítrofes. O TSE informou ainda que trabalhou com o objetivo de remanejar o menor número possível de eleitores e impactar o menor número possível de zonas.

O rezoneamento é resultado de uma determinação do TSE que, através da Resolução 23.512/2017 e da Portaria 207/2017, extingue 72 zonas eleitorais em 16 capitais do país, com o objetivo de aprimorar o trabalho e reduzir custos, estimados em cerca de R$ 13 milhões por ano.