Sep 19, 2017 Last Updated 9:26 PM, Sep 18, 2017

Sessão de casa cheia, porém tranquila em Itaguaí

Sessão fluiu tranquilamente, durante o grande expediente Willian Cezar cobrou mais matérias ao presidente Sessão fluiu tranquilamente, durante o grande expediente Willian Cezar cobrou mais matérias ao presidente FOTO WELINGTON CAMPOS
Publicado em Poder
Ler 289 vezes
Avalie este item
(0 votos)

Servidores compareceram à Câmara de Vereadores, mas sem matérias polêmicas não houve fortes protestos

Dilceia Norberto

Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

CALMA A sessão ordinária desta terça-feira (15) fluiu tranquilamente na Câmara de Vereadores de Itaguaí. Apesar da assistência lotada de servidores, os parlamentares tiveram a tranquilidade para votar as matérias, bem diferente das duas últimas sessões que, inclusive, foram suspensas antes do tempo. Hoje, talvez por falta de matérias que suscitassem os protestos dos presentes, as manifestações foram mais contidas. Houve cobranças ao Executivo e já no grande expediente, o vereador Willian Cezar (PSB) fez questionamentos ao presidente da Casa, Dr. Rubem Ribeiro (PTN), sobre o pedido de abertura de uma Comissão Processante contra o prefeito Carlo Busatto Junior, o Charlinho (PMDB).

Se a plateia estava cheia, o outro lado não era diferente. Dos 16 parlamentares, apenas o Dr. Zóia (PSD) faltou. Este, aliás, foi o pivô de todo o rumo diferente que a sessão de quinta-feira (10) tomou. Vale destacar que seguindo a fala do vereador Ivanzinho (PSB), que homenageava os trabalhadores do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), o Dr. Zóia foi usar a tribuna e causou revolta em muitos condutores de ambulância presentes. Estes o acusavam de ter prejudicado a categoria na época em que fora diretor do Hospital Municipal São Francisco Xavier (HMSFX).

Com o Zóia ausente e com nenhum vereador da base governista disposto a defender a atual gestão, não havia o que protestar. Não havia também qualquer matéria que causasse desavença. Todos deram parabéns ao vereador Ivanzinho, o aniversariante do dia. Além disso, o Regimento Interno fora cumprido. Com isso, apesar da Casa cheia, a sessão não teve sobressaltos. No entanto, parece que os parlamentares não ficarão mais tranquilos em relação às sessões. Pois os servidores garantem que vão continuar a marcação cerrada para ver como votam os edis.

Já durante o grande expediente, o vereador Willian Cezar cobrou do presidente mais matérias na pauta. Uma das cobranças ficou por conta da ausência do pedido de abertura de Comissão Processante, deliberada em assembleia de servidores da Assistência Social e da Saúde. O documento deu entrada na Câmara na última quinta-feira (10), mas hoje não estava na pauta. Os servidores querem que o parlamento investigue a falta de atualização do site da transparência municipal. Alegam que a não atualização contraria a lei de acesso à informação. Willian também cobrou outras matérias de interesse dos servidores. A plateia vibrou. O presidente da Casa se calou.

Mais Poder

Mangaratiba terá Posto Avançado do INSS

Por intermédio do deputado Alexandre... (leia mais)

Contradição marca sessão ordinária em Itaguaí

Após reprovar requerimento de informação... (leia mais)

Câmara rejeita solicitação de líder do governo

Parlamentares de Itaguaí votaram contra... (leia mais)

Está em vigor lei que põe Itaguaí acima da LRF

Para suprapartidários, nova legislação pode... (leia mais)

Últimas Notícias