Loading...
Apr 26, 2018 Last Updated 2:21 PM, Apr 26, 2018
Cotidiano

Cotidiano (952)

ANÁLISE- A Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan) iniciou agora em março a série “Retratos Regionais - Cenário Econômico”, que elegeu a Baixada Fluminense como uma das pautas. A pesquisa mostra que os empresários da região esperam por uma melhora na atividade econômica para 2018 e estão entre os mais otimistas do estado. O novo serviço, online e gratuito, detalha a conjuntura socioeconômica do estado do Rio e dá um panorama sobre crescimento, nível de atividade industrial, mercado de trabalho, ambiente de negócios e expectativas para os próximos meses.

Elevação está sendo construída ao custo de R$ 39,5 milhões e atende a um antigo anseio da população de Itaguaí

INVESTIMENTO- Embora localizado em território da cidade do Rio de Janeiro, o trevo de acesso ao Distrito Industrial de Santa Cruz é passagem frequente para quem mora em Itaguaí e região, e precisa se deslocar para alguma localidade da capital tendo como acesso a Rodovia Rio-Santos e Avenida Brasil. Trata-se de um trecho com elevado fluxo de automóveis e com intercessões que têm um histórico de acidentes, inclusive com grande número de vítimas fatais.

Angra dos Reis é o primeiro município a contar com recursos em residências de quem não pode se vacinar contra a doença, mas outros municípios também podem solicitar

 

PREVENÇÃO- Em uma iniciativa inédita no Rio de Janeiro, a partir da quinta-feira (15), a Secretaria de Estado de Saúde (SES) em parceria com o município de Angra dos Reis, iniciou a instalação de telas com inseticida em residências de pessoas que não podem tomar a vacina contra a febre amarela. O projeto piloto tem o objetivo de conter o avanço da doença em regiões com casos já registrados. As telas são fornecidas pelo Ministério da Saúde e serão entregues às prefeituras, responsáveis pela instalação do equipamento.

O primeiro município a receber o material é Angra dos Reis, local com o maior número de casos da doença no estado. “Estamos trabalhando com todas as ferramentas possíveis para evitar que tenhamos mais casos de febre amarela. As telas vão ajudar a proteger quem não pode tomar a vacina, mas esse público é bem reduzido. Já vacinamos 10,7 milhões de pessoas, mas precisamos alcançar um total de 14 milhões para que todo nosso público-alvo esteja protegido”, disse o secretário de estado de Saúde, Luiz Antonio Teixeira Júnior.

As telas funcionam como uma barreira física contra os mosquitos Haemagogus e Sabethes, além de estarem impregnadas com inseticida piretroide, que elimina os mosquitos quando entram em contato com o material. A medida é uma aliada na proteção de pessoas que não podem tomar a vacina, mas deve ser acompanhada também de outras precauções, como uso de repelentes.

Neste primeiro dia, foram instaladas telas em cinco residências da Praia Vermelha, na Ilha Grande. A área foi escolhida por ser a região com mais casos da doença. A previsão é que ao longo de duas semanas outras residências também recebam as telas, ao todo, cerca de 80 pessoas serão beneficiadas com a medida.

Os trabalhadores eram contrários a qualquer mudança no sistema, que garantia seguro-saúde a dependentes, com pagamento por procedimento utilizado

RETORNO- Em assembleias realizadas ontem (13), trabalhadores dos Correios de diversos estados aprovaram o fim da greve deflagrada segunda-feira (12) e o retorno aos trabalhos a partir de hoje (14). Segundo a federação da categoria, apenas dois estados ainda terão assembleias nos próximos dias para avaliar a continuidade da paralisação: Rio de Janeiro e São Paulo.

EXCELÊNCIA- Em concurso de redação, promovido pela Defensoria Pública da União, três alunos do Colégio Técnico da UFRuralRJ (Ctur) conquistaram prêmios. O tema da disputa foi “Mais direitos, menos grades”.

CULTURA- A exposição “Curtas do Cotidiano”, de ilustrações baseadas na música popular brasileira, marcou a reabertura do Centro de Memória (CM) da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRuralRJ), na tarde de terça-feira (13).

MELHORIA- Os motoristas que circularam ontem pelo centro e imediações em Itaguaí não precisaram de paciência parta enfrentar os mesmos congestionamentos ocorridos em dias anteriores. É que os serviços de reparo numa rede de esgoto da Rua Ary Parreiras foram finalmente concluídos ontem, depois que uma equipe da Secretaria Municipal de Obras finalizou o serviço de recapeamento do trecho que sofreu a intervenção, onde uma cratera precisou ser aberta para que a recuperação pudesse ser feita. Com isso, as ruas do centro e imediações viveram momentos de impacientes congestionamentos.

Dez localidades da cidade recebem apresentação musical, oficinas de teatro, contação de história, artesanato e muito mais

Dos índios até os dias atuais, a história de Itaguaí será contada através de uma grande programação cultural temática, com direito a artesanato, apresentações de teatro e musical, além de oficinas gratuitas. O aniversário da cidade é no dia 5 de julho, mas as ações comemorativas do projeto "Ativação Cultural Itaguaí 200 anos" começam no próximo dia 17 de março e seguem até dezembro em dez pontos do município mensalmente, sendo o primeiro local a Praça Prefeito Vicente Cicarino, no Centro.

O projeto “Ativação Cultural Itaguaí 200 anos” tem como objetivo levar a história da cidade para todos. Por isso, a cada terceiro sábado do mês, sempre em um ponto diferente da cidade, serão apresentados dez temas: “Os Índios”, “Os Jesuítas”, “O Engenho de Açúcar do Facão”, “O Nascimento da Cidade”, “A Passagem do Príncipe Rumo à Independência”, “Os Africanos”, “A República”, “A Imigração Japonesa” e “Os dias de hoje”. A programação das atividades também segue os temas, sendo um dos destaques a criação de uma colcha que contará a história da cidade com 200 quadrados feitos ao longo do projeto nas oficinas de Patchwork.

A idealizadora do projeto “Ativação Cultural Itaguaí 200 anos”, Alessandra Reis, destaca o quanto é rica a história de Itaguaí e importante a celebração do bicentenário. “É com enorme gratidão e alegria que comemoramos o bicentenário de Itaguaí, cidade localizada na Costa Verde do Rio de Janeiro, um dos lugares mais exuberantes de natureza do Brasil, pois concilia Mata Atlântica e litoral. Não à toa, já foi classificada pelo Guia Lonely Planet (em 2016) como a nona região do planeta imperdível para se conhecer. Itaguaí é a primeira cidade dessa Costa. Aqui, a terra é fértil em que se plantando, tudo nasce: desde o alimento até a boa gente. As celebrações culturais dos 200 anos da nossa cidade pretendem resgatar essa história, enaltecer nossa memória social e as raízes que nos sustentam. Através da cultura, da gastronomia e do artesanato local, vamos priorizar o quão rica e potente é a nossa Itaguaí e como ela é capaz de, cada vez mais, fazer crescer e desenvolver o povo e o saber do nosso país. Um agradecimento especial à Vale, que através da lei de incentivo e do seu interesse em valorizar as qualidades dessa importante região fluminense, viabilizou este projeto”, destaca Alessandra Reis.

Os itaguaienses podem obter mais informações sobre o projeto “Ativação Cultural Itaguaí 200 anos” nas redes sociais (Facebook e Instagram).

www.instagram.com/ativacaoculturalitaguai

www.facebook.com/ativacaoculturalitaguai200anos

Confira os locais que vão receber as atividades culturais de comemoração dos 200 anos de Itaguaí:

Março: Tema: Os Índios - Praça Prefeito Vicente Cicarino – Centro

Abril:  Tema: Os Jesuítas - Largo da Igreja de São Benedito - Coroa Grande

Maio: Tema: O Engenho de Açúcar do Facão” - Praça da Amendoeira – Teixeiras

Junho: Tema: “O Nascimento da Cidade” - Praça da APAE – Estrela do Céu

Julho: Tema: “A Passagem do Príncipe Rumo à Independência” - Praça da Igreja Matriz- Centro

Agosto: Tema: “Os Africanos” - Praça Céus – Chaperó

Setembro: Tema: “A República” - Praça dos Prédios – Vila Margarida

Outubro: Tema: “A Imigração Japonesa” - Praça de Mazombinha – Mazomba

Novembro: Tema: “Os Dias de Hoje” - Largo da Igreja de São Pedro -Ilha da Madeira

Dezembro: Encerramento do Projeto - Praça Das Artes – Centro

 

Programação da abertura do projeto:

Data: 17/03

Tema: Os Índios

Local: Praça Prefeito Vicente Cicarino, no Centro de Itaguaí

 

Horário:

10h – Cortejo Cultural (música, perna de pau, palhaços, estandartes, entre outras ações)

10h30 – Orquestra Jovem de Violinos

10h45 – Cerimônia de Abertura “Ativação Cultural Itaguaí 200 anos”

11h30 – Contação de Histórias (Os Índios)

12h – Intervalo

13h – Início das oficinas:

- Patchwork: “200 anos por 200 mãos”

- Artes Plásticas: Grafite Indígena e Pintura Corporal Marajoara

- Recicloteka: Brinquedos e Brincadeiras Infantis

- Confecção de Instrumentos Musicais

- As Brincantes do Estúdio  Despertando: Tecidos Acrobáticos

- Turma em Cena: Palhaçaria

- Oficina de Animação: Montagem curta “Quiva e Laiá”

15h – Roda de capoeira

15h30 – Voz e violão

 


 

Iniciativa da Embrapa Agrobiologia, da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Estado do Rio de Janeiro e da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro fica em Seropédica

 SUSTENTABILIDADE- A próxima terça-feira (13) será um dia especial para a comunidade do Sistema Integrado de Produção Agroecológica, mais conhecido como Fazendinha Agroecológica do Km 47. É quando o Programa de Pós-graduação em Agricultura Orgânica realiza o seminário de integração das turmas de 2018 com palestras sobre agroecologia e gênero. O evento também marca o início das comemorações dos 25 anos da Fazendinha Agroecológica Km 47.

MELHORIAS- Equipes da Secretaria Municipal de Serviços Públicos de Seropédica (SMSPS) dedicaram-se, na terça-feira (6) e quarta-feira (7), a serviços de manutenção nas redes de esgoto da Rua Itaperuna, no bairro Boa Esperança; e Rua 5, no bairro Fonte Limpa. Em ambas as intervenções foram retirados blocos de sedimentos petrificados, que impediam o fluxo do esgoto, obstruindo as tubulações. 

Página 7 de 68