Mar 24, 2017 Last Updated 2:21 PM, Mar 24, 2017

Rio Ônibus lança campanha de Carnaval orientando que vítimas procurem a Polícia

Uma das peças prega o respeito mútuo entre os foliões Uma das peças prega o respeito mútuo entre os foliões REPRODUÇÃO
Publicado em País
Ler 2057 vezes
Avalie este item
(0 votos)

SEGURANÇA Na semana que antecedeu o Carnaval, o Rio Ônibus lançou em suas redes sociais a campanha “Folião Consciente”, uma série de postagens contra o assédio sexual, o racismo e a homofobia dentro dos coletivos. Para incentivar um Carnaval baseado na boa convivência entre os passageiros, a ação educativa leva conteúdos informativos ao ambiente digital e também orienta as vítimas a reunir testemunhas e procurar a polícia em caso de desrespeito e agressão.

Algumas postagens reescrevem marchinhas antigas que passaram a ter as letras questionadas recentemente, como “Deixa a cabeleira do Zezé” e “O teu cabelo não nega: você merece respeito". A campanha também fala do respeito à mulher no transporte público e lembra que "Assédio é CRIME e a culpa NUNCA é da vítima".

Todos os posts durante o Carnaval terão o selo da campanha e as hashtags #CarnavalSemAssédio, #CarnavalSemHomofobia e #CarnavalSemRacismo. Veja as peças em: http://bit.ly/CarnavalNoOnibus. A campanha também orienta o passageiro a respeitar os assentos preferenciais e a não dirigir se tiver consumido bebida alcoólica (usando, nesse caso, o transporte coletivo).


 

Linhas de ônibus terão mudanças de itinerário

Os desfiles de escolas de samba do Rio de Janeiro, que serão realizados no Sambódromo, e dos blocos de enredo que vão se apresentar na avenida República do Chile provocam mudanças de itinerário em 132 linhas do sistema de transporte por ônibus do município. As alterações começam às 22h de quinta-feira (23/02) e o tráfego volta ao normal na Quarta-feira de Cinzas. No link http://prefeitura.rio/web/smtr/exibeconteudo?id=6758828 é possível conhecer o novo itinerário das linhas de ônibus de acordo com a região de origem, num esquema especial montado pela Prefeitura do Rio para atender a quem vai assistir aos desfiles na Marquês de Sapucaí.