Loading...
Sep 22, 2018 Last Updated 2:58 PM, Sep 21, 2018

Sobe para 33 o número de mortos pela febre amarela no Rio

A secretaria reforça a importância das pessoas se vacinaram para serem imunizadas A secretaria reforça a importância das pessoas se vacinaram para serem imunizadas FOTO MAURICIO BAZÍLIO/GOVERNO DO RIO
Publicado em Cotidiano
Ler 2214 vezes
Avalie este item
(0 votos)

CONFIRMADOS- Sobe para 33 o número de mortos pela febre amarela no estado do Rio de Janeiro. De acordo com o secretário estadual de saúde, Luiz Antônio Teixeira Júnior, o combate à doença precisa ser intensificado e para isso, o RJ terá um novo Dia D, marcado para o dia 3 de março. Em 2018, já foram registrados 74 casos de febre amarela, segundo a Subsecretaria de Vigilância em Saúde da Secretaria de Estado de Saúde.

Um balanço divulgado na segunda-feira (19) pelo estado do RJ apontou o município de Angra dos Reis como o lugar de maior número de mortes pela doença. Até o fechamento dessa matéria, foram 12 casos confirmados com sete óbitos. De acordo com a Secretaria de Saúde de Angra, 98% da população da Ilha Grande foi vacinada e a campanha de imunização continuará com o objetivo de vacinar moradores que residem em locais afastados.

Casos confirmados de febre amarela no Sul do Rio

Valença: 17 casos; 6 óbitos.

Angra dos Reis: 12 casos; 7 óbitos.

Teresópolis: 9 casos; 5 óbitos.

Nova Friburgo: 7 casos; 3 óbitos.

Sumidouro: 6 casos; 2 óbitos.

Cantagalo: 5 casos; 3 óbitos.

Duas Barras: 4 casos.

Rio das Flores: 3 casos; 2 óbitos.

Carmo: 2 casos; 1 óbito.

Maricá: 2 casos; 1 óbito.

Paraíba do Sul: 1 caso; 1 óbito.

Engenheiro Paulo de Frontin: 1 caso; 1 óbito.

Miguel Pereira: 1 caso; 1 óbito.

Mangaratiba: 1 caso.

Vassouras: 1 caso.

Petrópolis: 1 caso. 

Paty dos Alferes: 1 caso.