Sep 20, 2017 Last Updated 5:00 PM, Sep 19, 2017

Angra inicia preparativos para o carnaval 2017

A folia vai tomar conta do município a partir do dia 17 de fevereiro quando será iniciado o “Barracão do Samba”, A folia vai tomar conta do município a partir do dia 17 de fevereiro quando será iniciado o “Barracão do Samba”, FOTO REPRODUÇÃO INTERNET
Publicado em País
Ler 4266 vezes
Avalie este item
(0 votos)

FOLIA A prefeitura de Angra dos Reis já iniciou os preparativos do Carnaval 2017, que este ano será marcado pelos tradicionais blocos carnavalescos. O samba vai tomar conta do município a partir do dia 17 de fevereiro quando será iniciado o “Barracão do Samba”, evento que segue até o dia 19 de fevereiro, sempre às 20h, no Cais de Santa Luzia.

 A organização é da Associação Recreativa e Cultural dos Blocos Carnavalesco de Angra dos Reis (Abcar) com apoio da Prefeitura de Angra, por meio da Secretaria Executiva de Cultura e Patrimônio. Neste evento haverá também o tradicional concurso de Rainha e Rainha Gay do Carnaval.

Segundo informações da prefeitura, não haverá programação nos bairros. No entanto, as entidades (agremiações e associações) que pretenderem fazer eventos nos seus bairros, deverão procurar a Secretaria Executiva de Cultura e pedir apoio logístico.

REUNIÃO DA ABCAR

A ajuda financeira aos blocos também não está garantida, mas a prefeitura trabalha na captação de patrocínios, caso isto não ocorra, o município deverá gastar algo em torno de R$ 300 mil ou R$ 400 mil com a folia. Sem este apoio financeiro, segundo informações, alguns blocos tradicionais poderão não desfilar este ano. Outros já preparam eventos próprios para custear seus desfiles.

De acordo com a prefeitura, a abertura da programação dos blocos de rua será na quarta-feira (22), com o Bloco da Feliz Idade. O município garante que para o carnaval as ruas estarão bem iluminadas, com segurança e com os banheiros químicos posicionados em lugares estratégicos de fácil acesso e sem interferir na rotina dos patrimônios históricos, assim como os estabelecimentos comerciais. Além disso, a Secretaria de Cultura está trabalhando em parceria com a Fazenda para o ordenamento dos comerciantes de rua (ambulante).