Loading...
Sep 20, 2018 Last Updated 1:19 PM, Sep 20, 2018

Universidade Rural busca ainda mais internacionalização

NO LÍBANO, o reitor Ricardo Berbara assinou convênio com a Husek University NO LÍBANO, o reitor Ricardo Berbara assinou convênio com a Husek University FOTO DIVULGAÇÃO CCS/UFRRJ
Publicado em Cotidiano
Ler 809 vezes
Avalie este item
(0 votos)

Convênios e parcerias aproximam universidade federal com prestigiadas instituições acadêmicas de três continentes

 INTEGRAÇÃO ACADÊMICA Com o propósito de estreitar os laços acadêmicos e científicos com instituições de ensino internacionais, representantes da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ) criaram uma agenda de viagens que, na avaliação da reitoria, serão fundamentais para fortalecer parcerias destinadas a enriquecer os conteúdos acadêmicos que a instituição federal mantém em seus três campus. O reitor Ricardo Luiz Louro Berbara, por exemplo, visitou em maio o Líbano e a Espanha, trazendo, segundo sua assessoria, boas perspectivas de parcerias com instituições dos dois países. No Líbano ele participou da assinatura de convênio e de parcerias em projetos durante o “I Brazil-Lebanon Meeting of University Representatives”, evento organizado pela Embaixada do Brasil no Líbano e pelo Grupo Coimbra de Universidades Brasileiras. “No Brasil, o número de libaneses e seus descendentes supera o da população do próprio Líbano, o que nos faz um país com inúmeras oportunidades de pesquisa e intercâmbio, em especial nas áreas vinculadas aos estudos de diásporas, processos migratórios forçados e agricultura de baixo impacto em ambientes semiáridos”, justificou o professor Berbara.

O reitor também participou do IV Encontro de Reitores Universia, na cidade de Salamanca, Espanha, que com o tema “Universidade, Sociedade e Futuro”, reuniu cerca de 600 reitores de 26 países ibero-americanos para discutir os desafios das instituições de ensino superior em âmbito global. O encontro foi uma iniciativa da Universidade de Salamanca e do Banco Santander. “A UFRRJ firmou acordos com diversas universidades latino-americanas e também da Espanha. Através das parcerias estão previstas dez missões de mobilidade para alunos de graduação ainda este ano”, disse Berbara.

 

Novas missões vão fortalecer relações da UFRRJ no exterior

O reitor Ricardo Berbara informou também que a Coordenadoria de Relações Internacionais da UFRRJ vai lançar, ainda este ano, editais para viabilizar missões de intercâmbio de estudantes e servidores em cinco instituições libanesas: American University of Beirut, Husek University, Saint Joseph University, Libanese University e Notre Dame University.

O pró-reitor de Pesquisa e Pós-Graduação, Alexandre Fortes, por sua vez, esteve na cidade de Montpellier, na França, para estreitar laços com o Centro de Cooperação Internacional em Pesquisa Agronômica para o Desenvolvimento (Cirad), instituição referência em temas como agricultura, alimentação, meio ambiente e gestão de terras.  “Nosso Programa de Pós-Graduação de Ciências Sociais em Desenvolvimento, Agricultura e Sociedade já tem uma parceria antiga com o Cirad. A intenção agora é expandir para a agroecologia, num trabalho a ser desenvolvido com a Pró-Reitoria de Extensão”, afirmou o professor Alexandre Fortes, que na instituição francesa falou sobre a expansão das universidades federais e da pesquisa no Brasil e os impactos e desafios para a UFRRJ. “Vários interlocutores manifestaram mencionaram planos concretos de ida ao Brasil, ainda este ano, passando pela Rural. Isso nos credencia fortemente para ampliar a cooperação em outras frentes”, disse.

Na África, a UFRRJ se fez presente na Universidade Eduardo Mondlane, de Moçambique, no projeto internacional Universidade Encontra Economia para Sustentabilidade ((UNEES). A UFRRJ foi representada pelos professores Antônio Abboud, do Instituto de Agronomia; e Rosa Monteiro, coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Educação Agrícola; além da egressa do Programa de Mestrado Práticas em Desenvolvimento Sustentável, Camilla Lírio, assistente do projeto UNEES. O objetivo é a formação de uma rede aproximando os alunos ao setor privado e outros sujeitos em práticas sustentáveis. Também participam da iniciativa o Centro de Desenvolvimento Rural da Humboldt-Universität zu Berlin, da Alemanha; e o Programa de Mestrado em Sociologia Rural e Gestão de Desenvolvimento da Universidade Eduardo Mondlane, de Moçambique.

Entre as atividades do evento, Abboud e Camila Lírio concluíram treinamento sobre o uso do ‘Rural Invest’, metodologia elaborada e certificada pela Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura. “A ferramenta contribui para o suporte financeiro à construção e orientação de projetos ao pequeno e médio agricultor”, explicou Abboud. “O treinamento abre a possibilidade de abrirmos uma turma na UFRRJ ainda este ano”, concluiu.

Ainda visando a internacionalização, o atual coordenador do projeto de cooperação no Brasil, professor Leandro Fontoura; e o ex-coordenador, professor Rodrigo Medeiros, participaram de uma videoconferência comentando as experiências da cooperação na UFRRJ. Em outubro, a UFRRJ deve receber delegações de Moçambique e da Alemanha para uma série de atividades que serão divulgadas em breve (Com informações do CCS/UFRRJ).