Dec 17, 2017 Last Updated 2:11 PM, Dec 15, 2017

Destaques

Firjan defende votação da refo…

Federação reunirá os prefeitos fluminenses e parlamentares para alertar sobre o ...

Itaguaí promove campanha de im…

Equipe de imunização de Itaguaí recomenda regularização do cartão de vacina de c...

Prefeitura repara tubulação de…

MELHORIA- Em mais uma mobilização que dá sequência aos esforços da Prefeitura de...

Esporte como inclusão social

Crianças e adolescentes de duas escolas públicas participaram do pontapé inicial do programa Crianças e adolescentes de duas escolas públicas participaram do pontapé inicial do programa (J. Alves Bahia/PMM)
Publicado em Esporte
Ler 830 vezes
Avalie este item
(0 votos)

Cerca de 150 crianças de escolas públicas de Mangaratiba são beneficiadas com projeto esportivo de futsal e voleibol gratuitos

PROJETO Uma parceria entre Prefeitura de Mangaratiba, Instituto Brasileiro de Excelência no Esporte & Cultura (IBEEC) e a empresa MRS, contemplou 150 crianças e adolescentes entre 8 e 13 anos, de duas escolas públicas do município. Por meio do projeto “Esporte por um Mundo Melhor”, os jovens vão receber gratuitamente aulas de voleibol e futsal. As Secretarias de Educação e Turismo participaram de todo o processo da parceria.

O pontapé inicial do programa aconteceu na tarde da última sexta-feira (15) na Escola Municipal Praia Grande. Na presença dos pais, dos parceiros do projeto e professores, os pequenos receberam os kits com uniformes para as aulas, além de contarem com todo o material esportivo para a prática esportiva. A escola Caetano de Oliveira, em Itacuruçá foi a outra unidade contemplada no projeto.

Para Verônica Mageste, relações institucionais da MRS, o esporte é um meio importantíssimo de socialização e um dos caminhos para a mudança no país. “Vamos trabalhar muito a autoestima das crianças, o respeito ao próximo e a disciplina. Queremos com esse projeto nos aproximar das comunidades. A linha férrea corta Mangaratiba e temos um compromisso institucional com o município e a população. Não fazemos nada sozinhos, fomos muito bem recebidos pelas secretarias de Educação e de Turismo da Prefeitura e queremos estreitar ainda mais essa relação”, disse.

A diretora da escola da Praia Grande, Valdirene da Conceição, ficou muito feliz com a iniciativa. “Nossas crianças estão radiantes. É muito bom conseguirmos um projeto desse porte para nossos pequenos. O esporte ajuda em tudo, no rendimento escolar, no crescimento como cidadãos, sem falar na saúde e no lazer. Os pais ficaram muito felizes e fizeram questão de participar da abertura do projeto”, disse a diretora.

As crianças terão aulas três vezes por semana, durante 12 meses, e as atividades são ministradas no contra turno escolar. O ciclo de execução do projeto inclui atividades lúdicas, temas transversais e, claro, muito esporte e lazer. O programa é patrocinado pela MRS, por meio da Lei de Incentivo ao Esporte do Governo Federal.

 

 

Última modificação em Terça, 19 Setembro 2017 11:34