Sep 21, 2017 Last Updated 10:46 PM, Sep 20, 2017
 
 
 
 
 

Hora de mostrar o valor no Botafogo

Recuperado e reintegrado aos treinos, o volante chega mais maduro após a situação adversa  Recuperado e reintegrado aos treinos, o volante chega mais maduro após a situação adversa  (FOTO VÍTOR SILVA/BOTAFOGO)
Publicado em Esporte
Ler 173 vezes
Avalie este item
(0 votos)

Reintegrado, Bochecha supera grave lesão e espera conquistar espaço na equipe  

RECUPERADO Um dos clubes que mais utiliza a sua categoria de base no futebol profissional, o Botafogo tem revelado grandes talentos nos últimos anos e colhido os frutos no ponto de vista técnico, uma vez que diversos jogadores formados no Alvinegro fazem parte do elenco principal. Alguns deles, por exemplo, são titulares da equipe ou entram com frequência durante os jogos. São os casos de Igor Rabello, Matheus Fernandes, Marcelo e Fernandes.

Outro jogador criado em General Severiano, no entanto, busca seu espaço após um momento de dificuldade. Gustavo Bochecha, oriundo da safra campeã brasileira sub-20, teve oportunidades no início da temporada, mas sofreu com uma grave lesão no joelho, que o afastou dos gramados por cerca de seis meses. Período difícil que impossibilitou que o jovem mostrasse seu valor. Recuperado e reintegrado aos treinos, o volante chega mais maduro após a situação adversa e espera seguir os passos dos demais garotos.

“Infelizmente me machuquei. Estava em um bom momento, confiante. Perdi boa parte do ano, mas isso agora é passado. Estou recuperado, vou lutar pelo meu espaço. Me senti bem nos primeiros treinos, vou aproveitar cada dia para pegar o condicionamento ideal”, disse.

Bochecha se apega também ao fato do técnico Jair Ventura dar crédito aos atletas, independente de idade. Com rotatividade no elenco, aguarda com paciência a sua vez e acredita que a confiança em seu futebol pode fazer a diferença neste aspecto. No mais, cita o ambiente leve para trabalhar no clube, além do apoio de todos os jogadores. “Sei do rodízio que o time tem. Tenho que estar pronto para corresponder, quando o Jair precisar. O importante é ter a cabeça no lugar e tranquilidade. Todos no grupo me incentivam, isso motiva muito”, encerrou. (Fonte: site oficial do clube).