Aug 22, 2017 Last Updated 8:54 PM, Aug 22, 2017

Em Ibirapitanga, esgoto flui como cachoeira

Moradores apontam para o esgoto que corrói a calçada da Rua Senhor Bonfim, em Ibirapitanga Moradores apontam para o esgoto que corrói a calçada da Rua Senhor Bonfim, em Ibirapitanga FOTO CLEITON BEZERRA
Publicado em Cotidiano
Ler 821 vezes
Avalie este item
(0 votos)

A calçada da Rua Senhor do Bonfim está desmoronando e moradores temem pela saúde de quem vive no local por conta de esgoto que jorra

Dilceia Norberto

Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

CAI CAI E o povo segue as agruras da negligência do poder público. Os moradores do bairro Ibirapitanga convivem com muitos buracos no meio da rua. Mas os mais penalizados são os que vivem em certo trecho da Rua Senhor do Bonfim. Ali, o esgoto core a céu aberto e corrói o asfalto, a calçada e a dignidade de quem paga corretamente seus impostos.

Para a comerciante Vanderleia da Conceição Ribeiro, que mora no local há 22 anos, o problema já está fazendo aniversário. “Já tem uns dois anos isso aqui. Eles vieram, tapearam tirando um bueiro que tinha, jogaram terra e pronto. Eu tenho uma lanchonete ali, mas como é que eu vou fazer lanche com esse mau cheiro? É um cheiro ruim muito forte. Atrapalha minhas vendas”, lamenta a moradora.

Outro que reclama do abandono do local é o senhor Gevanildo Ribeiro, marido de Vanderleia. Para ele, a prefeitura não fez coisa alguma. “Tinha uma boca de lobo ali e eles entupiram o bueiro, as manilhas se soltaram todas e estão todas perdidas lá embaixo entupindo tudo e essa água podre fica jorrando direto. Dia e noite”, conta seu Gevanildo.

Os moradores temem que a situação se torne cada vez mais perigosa com a corrosão do solo que sustenta o meio-fio e os postes da rua. De acordo com Roberto Cruz dos Santos, que já era morador do bairro, mas mora na Rua Senhor do Bonfim há um ano, a rua está toda afundando.  “A água já está corroendo toda a base do poste. A calçada já está toda danificada, está tudo oco. A qualquer momento esse poste pode ceder. Eles só mexem nesse ponto. Eles tinham que subir a rua para ver onde começa o problema, porque mexer aqui não adianta nada. Há o risco de criança cair aqui dentro e se machucar. Eu tenho uma criança recém-nascida e temos o problema de mosquitos e depois que esse bueiro ficou a céu aberto, começaram a aparecer roedores. Vivemos em perigo”, alerta Roberto.

Mildred Silva, que também mora na rua há mais de 20 anos, diz que o problema só tem se agravado. “Quando chove, isso aqui parece uma cachoeira. Só tinha um buraquinho. Do buraquinho, chegou ao ponto que estamos vendo hoje. Já fizemos um pedido há mais de dois anos. Nos atenderam, mas não resolveram om problema, porque não fizeram o que tinham que fazer.

Para Durval dos Santos, que tem um lote na rua, é preciso mudar toda a tubulação. “Isso aqui foi feito em 2007, no governo Charlinho. Mas agora eles vieram aqui e disseram que é a Cedae que tem que fazer. A Cedae colocou esses tubos aqui, mas fizeram igual a cara deles. A rua tem que ser toda escava, desde lá de cima, para mudar toda a tubulação”, explicou seu Durval.

Célia de Souza Almeida diz que não há para onde correr. “Essa rua é movimentada, passam muitos carros, mas a calçada não oferece segurança, está afundando. Se você quer fugir de um perigo, você acaba se machucando, gerando prejuízo para a pessoa, porque a prefeitura não vai pagar. É preciso cuidar, fazer manutenção. Tem que colocar manilhas do tamanho adequado”, pede a moradora.

 

Vale destacar que na área mais baixa da rua, que é uma ladeira, alaga e , segundo os moradores, a água chegou a mais de um metro, acarretando os prejuízos que muitos moradores de Itaguaí já conhecem. A rua toda precisa de obra. O ATUAL entrou em contato com as autoridades competentes, mas até o fechamento desta edição não obteve resposta.