Jan 18, 2018 Last Updated 1:35 PM, Jan 18, 2018

Destaques

Nova lei prevê benefícios para…

Os contribuintes poderão aderir ao Programa de Regularização Rural até dia 28 de...

Seropédica qualifica servidore…

Curso foca em planejamento ambiental participativo, na importância da fiscalizaç...

Boato: Cadastramento biométric…

A procura pela biometria aumentou 50% em relação ao mesmo período do ano passado...

Socorro a aposentados sem pagamento

As aposentadas Sônia Maria, Maria de Fátima e Galdino da Silva estão empenhadas na campanha As aposentadas Sônia Maria, Maria de Fátima e Galdino da Silva estão empenhadas na campanha FOTO CLEITON BEZERRA
Publicado em Cotidiano
Ler 1167 vezes
Avalie este item
(0 votos)

Socorro a aposentados sem pagamento

Campanha arrecada alimentos nas escolas e no comércio para aposentados do estado

 

WELINGTON CAMPOS

Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

INICIATIVA Representantes da secretaria de aposentados do Sindicato Estadual dos Profissionais da Educação (Sepe/Itaguaí) estão promovendo uma “Campanha Solidária” de arrecadação de alimentos para montar cestas básicas. Os mantimentos serão doados a servidores aposentados do estado, que estão com os pagamentos atrasados desde maio e passando por dificuldades para conseguir se manter.

Segundo a aposentada Sônia Maria Dias Mendes, de 69 anos, uma das organizadoras da campanha, os servidores inativos estão sem receber os salários de maio e junho, além de parte dos vencimentos de abril deste ano e do 13º salário de 2016. “Estamos levando essa campanha fazendo panfletagem nas escolas e no comércio do município. O dia “D” da campanha será 1º de julho, no Calçadão, a partir das 9h. Estaremos recebendo os alimentos. Quem quiser doar um 1kg de alimento não perecível poderá faze-lo no dia D ou entregar diretamente na sede do Sepe/Itaguaí, que fica localizado na Rua General Bocaiúva, 469, Centro. Informações: (21) 2688-2970”, explicou Sônia Maria, que foi servidora estadual por 32 anos.

A também organizadora da campanha, Maria de Fátima Santiago, de 58 anos, informou que os alimentos arrecadados serão distribuídos em cestas básicas para professores e serventes aposentados do estado. “Estamos pedindo apoio da população e dos comerciantes da cidade. Tem muita gente que está passando dificuldade e espera contar com essa ajuda até que o Estado pague o que deve aos pensionistas”, completou a aposentada que lecionou por 25 anos.

 

De acordo com Galdino da Silva, de 70 anos, que também participa da campanha, os contemplados que vão receber a cesta básica serão avisados por telefone. “Temos um cadastro com o nome dessas pessoas que estão passando por dificuldade. Faremos o contato para que receba uma cesta básica, claro, vai depender do sucesso da campanha”, concluiu a aposentada que trabalhou para o estado durante 38 anos.