Nov 18, 2017 Last Updated 5:46 PM, Nov 17, 2017

Rio recebe novas doses de vacina contra febre amarela

CABERÁ ÀS 92 prefeituras do estado a estratégia de como se dará a vacinação CABERÁ ÀS 92 prefeituras do estado a estratégia de como se dará a vacinação FOTO REPRODUÇÃO
Publicado em Cotidiano
Ler 2635 vezes
Avalie este item
(0 votos)

MOBILIZAÇÃO O estado do Rio de Janeiro recebeu ontem novos lotes de vacinas para destinação aos 28 municípios listados como estratégicos, com base na constante avaliação do cenário epidemiológico no país. As prefeituras poderão fazer a retirada de suas doses tão logo os lotes sejam entregues à Secretaria de Estado de Saúde pelo Ministério da Saúde (MS). Em Brasília, onde foi defender a imunização em larga escala no estado do Rio, o secretário de estado de Saúde, Luiz Antonio Teixeira Júnior, detalhou a estratégia de vacinação no território fluminense, que vem sendo adotada de forma preventiva desde janeiro, antes mesmo de os primeiros casos terem sido confirmados no estado. “Precisamos da garantia de novos lotes de doses da vacina para dar continuidade à estratégia de imunizar toda população fluminense.

Entre os 64 municípios avaliados como prioritários, 36 já tiveram disponibilizadas doses em quantitativo suficiente para imunizar seus habitantes. Com a garantia que recebemos, as demais 28 poderão continuar com suas vacinações em seus postos de saúde, até que tenhamos nova disponibilização de doses. Não vamos abrir mão de imunizar toda a população do Rio e contamos com o Ministério da Saúde para atender à demanda dos 92 municípios do nosso estado. Solicitamos a inclusão do RJ na área de recomendação da vacina ao Ministério da Saúde antes de termos casos confirmados, já como uma das medidas preventivas que adotamos nos últimos meses”, garantiu o secretário.

Na terça-feira (4), uma nova reunião técnica no MS está prevista para definir o fluxo de fornecimento de novos lotes de vacinas para os estados. No Rio, a estimativa da SES é de que sejam necessárias entre 8 e 9 milhões de novas doses para imunização de cerca de 12 milhões de pessoas, nos 92 municípios, até o fim deste ano. Com base na avaliação do cenário epidemiológico no Rio e nos estados vizinhos, a SES listou 64 municípios prioritários para imunização.

A estratégia de como se dará a vacinação em todo o estado deve ser definida por cada uma das 92 prefeituras, observando a disponibilidade de doses pelo MS, a capacidade operacional, como número de postos e pessoal capacitado para o trabalho, além do armazenamento correto das doses, para que não haja perda de vacinas.