Dec 16, 2017 Last Updated 2:11 PM, Dec 15, 2017

Destaques

Firjan defende votação da refo…

Federação reunirá os prefeitos fluminenses e parlamentares para alertar sobre o ...

Itaguaí promove campanha de im…

Equipe de imunização de Itaguaí recomenda regularização do cartão de vacina de c...

Prefeitura repara tubulação de…

MELHORIA- Em mais uma mobilização que dá sequência aos esforços da Prefeitura de...

Alunos do C. E. Clodomiro Vasconcelos em dificuldades

Alunos do C.E. Clodomiro Vasconcelos em palestra da última edição do Projeto #clodorumoaoenem               Alunos do C.E. Clodomiro Vasconcelos em palestra da última edição do Projeto #clodorumoaoenem               FOTO DILCEIA NORBERTO A
Publicado em Cotidiano
Ler 3294 vezes
Avalie este item
(0 votos)
Marcado sob

Estudantes da noite são proibidos de entrar em ônibus e alunos do pré-vestibular estão o sem alimentação

Dilceia Norberto
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

OBSTÁCULOS Alunos do Colégio Estadual Clodomiro Vasconcelos, em Itaguaí, estão passando por dificuldades e precisam de atenção das autoridades competentes. De acordo com diretores da escola, os problemas vão de alunos que estudam no turno da noite, até alunos que frequentam o cursinho pré-vestibular oferecido pela instituição.

De acordo com a diretora adjunta, Cristiane Almeida, os alunos do horário noturno estão sem alternativa de transporte ao termino das aulas. “Ao saírem, às 22h, os ônibus não querem deixar que os alunos entrem”, afirma  a diretora do Clodomiro.                       

Outro obstáculo que se interpôs diante dos alunos do Clodomiro Vasconcelos diz respeito ao pré-vestibular, que prepara os estudantes da unidade para as provas do Centro de Educação à Distância do Estado do Rio de Janeiro (Cederj), que é um consórcio formado por Uerj, Uenfe, Unirio, UFRJ, UFRuralRJ, UFF e Cefet.

O pré-vestibular para o Cederj acontece aos sábados, nas dependências do Colégio Clodomiro Vasconcelos. Os estudantes que participavam do curso recebiam alimentação, já que as aulas tinham horário integral, de 8h às 18h. As refeições eram oferecidas pelo próprio Cederj, mas com a crise, o fornecimento foi cortado.

“Precisamos de ajuda ,pois nossos alunos querem estudar, precisam e merecem esta alimentação. Os professores  são ótimos  e temos até funcionários  que trabalhavam nos outros anos que faziam o café da manhã  , almoço  reforçado  e lanche da tarde”, lamentou Cristiane.

A diretora adjunta afirmou que vai entrar em contato com a Câmara de Vereadores, com o deputado federal Alexandre Valle (PR) e com o deputado estadual Aramis Brito (PHS) para pedir socorro. “Vou fazer uma comissão com os alunos e professores e vamos à Câmara.                      Afinal, neste país o aluno que quer estudar é como um tesouro e temos que fazer a diferença  nesta realidade”, disse Cristiane Almeida.

#CLODORUMOAOENEM

Vale destacar que o Colégio Estadual Clodomiro Vasconcelos tem realizado um trabalho que gera bons frutos entre os alunos. Com o Projeto #Clodorumoaoenem, que entra em sua quarta edição este ano, mais e mais alunos estão chegando às universidades.