Mar 27, 2017 Last Updated 2:21 PM, Mar 24, 2017

Baía de Sepetiba ganha fiscalização mais rigorosa

Reunião entre membros da Secretaria de Agricultura e Pesca, Marinha do Brasil, GPA e CPAM para decidir proteção da baía Reunião entre membros da Secretaria de Agricultura e Pesca, Marinha do Brasil, GPA e CPAM para decidir proteção da baía FOTO J. ALVES BAHIA
Publicado em Cotidiano
Ler 712 vezes
Avalie este item
(0 votos)
Marcado sob

Parceria entre Prefeitura de Mangaratiba, Marinha, GPA e CPAM visa combate à pesca irregular

FISCALIZAÇÃO Um encontro nesta terça-feira (14) selou a parceria para coibir irregularidades na baía de Sepetiba, mais especificamente no território que compreende a APA (Área de Preservação Ambiental) Boto Cinza, em Mangaratiba. A secretaria de Agricultura e Pesca da Prefeitura da cidade convocou os principais órgãos de proteção ambiental para promover uma reestruturação na forma de atuar na questão da fiscalização. A reunião aconteceu no Centro Cultural Cary Cavalcanti, no centro.

 Estiveram presentes no encontro representantes da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Comando de Polícia Ambiental (CPAM), Grupamento de Proteção Ambiental (GPA) e Marinha do Brasil. Segundo o secretário municipal de Agricultura e Pesca, Adalberto Basílio, a reestruturação do setor se faz necessária pela alta demanda de queixas por parte dos pescadores artesanais do município. 

“Eles se sentem abandonados pelo poder público, pois estão deixados de lado há anos. Muitas embarcações vêm de fora da cidade, até de outros estados, sem nenhuma autorização para pescar aqui e acabam por levar o sustento dessas famílias. Estamos aqui para dar um fim nisso. A fiscalização será rigorosa e contamos com os principais parceiros para por um fim nessa prática absurda. Se tivermos que fazer operações durante toda a madrugada, vamos fazer”, afirmou o secretário.

 A indignação do secretário tem justificativa. O número de barcos avistados na baía nessa época do ano é fora do normal, principalmente barcos de arrasto de camarão, espécie que está em seu período de defeso. O controle da pesca em época de defeso, a fiscalização de embarcações sem licença para operar no município e o mapeamento completo das áreas pesqueiras também fazem parte da reestruturação do setor de fiscalização marítima. Esses são alguns pontos do projeto “SOS Baía de Sepetiba”, que a secretaria de Agricultura e Pesca pretende implementar nos próximos dias.