Jan 18, 2018 Last Updated 1:35 PM, Jan 18, 2018

Destaques

Nova lei prevê benefícios para…

Os contribuintes poderão aderir ao Programa de Regularização Rural até dia 28 de...

Seropédica qualifica servidore…

Curso foca em planejamento ambiental participativo, na importância da fiscalizaç...

Boato: Cadastramento biométric…

A procura pela biometria aumentou 50% em relação ao mesmo período do ano passado...

Seropédica tem plantão de farmácias

Seropédica tem plantão de farmácias REPRODUÇÃO/INTERNET
Publicado em Cotidiano
Ler 3957 vezes
Avalie este item
(0 votos)
Marcado sob

DECISÃO Um decreto assinado pelo prefeito Anabal Barbosa de Souza, no início do mês, estabelece um a plantão noturno semanal e diurno aos domingos e feriados das farmácias e drogarias do município para o exercício de 2017. Os plantões serão observados de acordo com as escalas abaixo:

O decreto determina ainda que as farmácias e drogarias ficam obrigadas a manter, em local visível de sua fachada, placa indicativa do nome e endereço das unidades que estiverem de plantão 24 horas e, as que estiverem de plantão 24 horas, deverão expor na parede externa letreiro ou placa sinalizando o seu funcionamento.

Ainda segundo o texto que estabelece a norma, durante os plantões realizados no período noturno, as drogarias e farmácias deverão manter suas portas abertas até as 22h, podendo, a partir deste horário e até 8h do dia seguinte, atender de portas fechadas. Contudo, nestes casos deverão manter afixado na fachada dos estabelecimentos o número do telefone e o nome do profissional responsável pelo atendimento.

Segundo o decreto, as farmácias e drogarias que deixarem de cumprir a escala de plantão poderão ter seus Alvarás de Funcionamento suspensos e suas atividades interditadas, além de ficarem sujeitas a multas. As sanções de que tratam o decreto incluem a notificação do proprietário do estabelecimento infrator e aplicação de multa de 10 a 50 UFIMS no primeiro descumprimento; notificação do proprietário e aplicação de multa de 50 a 100 UFIMS no segundo descumprimento; e suspensão do Alvará de Funcionamento do estabelecimento no terceiro descumprimento. O texto esclarece que o valor arrecadado com as multas aplicadas será destinado ao Fundo Municipal de Saúde. No caso da suspensão prevista no decreto ela será de seis meses na primeira notificação e de um ano caso haja reincidência. O decreto determina que a competência para fazer cumprir e fiscalizar os plantões é da Secretaria Municipal de Saúde.