Aug 24, 2017 Last Updated 4:06 PM, Aug 23, 2017

Coleta de sangue em Itaguaí supera expectativas, diz médica do HemoRio

Dona Sidneia de Fátima fala que, graças ao evento de hoje, conseguiu realizar o sonho de doar  Dona Sidneia de Fátima fala que, graças ao evento de hoje, conseguiu realizar o sonho de doar  FOTO CLEITON BEZERRA
Publicado em Cotidiano
Ler 4276 vezes
Avalie este item
(2 votos)
Marcado sob

As doações foram realizadas na Primeira Igreja Bastista da cidade, durante o dia de hoje

CLEITON BEZERRA
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

SALVAR VIDAS Doar sangue além de ser um ato de amor ao próximo e de generosidade, salva vidas. E em Itaguaí, uma unidade móvel de coleta do HemoRio realizou as atividades hoje (10), na Primeira Igreja Batista, localizada na rua Nilo Peçanha, 149 – Centro. Estiveram presentes dezenas de moradores e também os vereadores de Itaguaí, Ivanzinho (PSB) e Waldemar Ávila (PHS), assim como o deputado estadual Aramis Brito (PHS).

Devido ao recesso de carnaval houve uma queda no número de doações. Segundo o HemoRio, normalmente, o estoque recebe 250 bolsas de sangue, mas como muita gente deixou de fazer a doação por causa da folia, o HemoRio tem, no momento, apenas 100 bolsas. O HemoRio abastece cerca de 180 unidades hospitalares e cada doação ajuda, em média, três pessoas.

IDEIA

O vereador Waldemar Ávila, um dos organizadores da atividade, conta como a ideia do evento surgiu. “A oportunidade surgiu após eu ver, no período do carnaval, uma postagem no Facebook sobre uma doação de sangue, que aconteceria em salão de festas aqui da cidade. Decidimos ajudar na divulgação, teve 15 mil visualizações. Depois descobrimos que a divulgação do evento no salão de festas se tratava de anos anteriores. Então nos mobilizamos, entramos em contato com o HemoRio, conseguimos agendar a data e graças a Deus deu tudo certo, o evento superou as expectativas”, conta o vereador.

DOAÇÃO

A moradora de Itaguaí, Sidneia de Fátima, de 56 anos, falou que doar sangue é a realização de um sonho. “Hoje eu estou realizando um sonho aqui. Já realizei o sonho de casar, de ter minha casa própria, de ter um filho e de ter o meu carrinho, mas faltava essa ainda, meu sonho de doar sangue é antigo. Estou me sentido realizada hoje”, disse a doadora Sidneia.

Para a médica de coleta externa do HemoRio, Carolina Godoy, a atividade na cidade foi muito boa e superou todas as expectativas. Ela elogiou a organização no espaço. “É muito bom quando a gente chega a um local, que tem muita gente, não tem tumulto e está organizadinho assim. Quando a gente vai para coleta externa, a gente tem que levar um número máximo de bolsas, um número máximo de cadeiras, de profissionais. Muitas vezes a gente não consegue nem chegar à metade dos cadastros, hoje a gente vai atingir o número máximo de bolsas. Em uma próxima vez será necessário mais cadeiras, mais bolsas, porque o espaço é grande e a gente viu que vem muita gente”, ressalta a médica Carolina Godoy.

O vereador Ivanzinho comentou sobre a situação da saúde e a importância do evento. “A saúde no Rio de Janeiro passa por uma crise, a cada ano piora e aqui em Itaguaí não é diferente. É importante para os hospitais do estado esse suporte, desse banco de sangue, são várias pessoas que passam por internação e precisam. Com esse evento a gente está conseguindo, aqui com os cidadãos itaguaienses, que as pessoas tirem um tempinho e façam essa doação. Eu estou fazendo a minha parte, todo ano eu faço doação também”, finalizou o vereador.

 

 

Mais Cotidiano