Jul 21, 2017 Last Updated 3:00 AM, Jul 20, 2017

No dia da Mulher, atividade para prevenir doenças

FOTO DILCEIA NORBERTO FOTO DILCEIA NORBERTO Pessoas participam da auriculoterapia em atividade para comemorar o Dia Internacional da Mulher
Publicado em Cotidiano
Ler 1704 vezes
Avalie este item
(0 votos)
Marcado sob

AÇÃO O Dia Internacional da Mulher foi um dia de divulgação de muitas estatísticas negativas, mas também de atividades em muitos lugares. Itaguaí não ficou de fora. A Secretaria Municipal de Saúde fez da Praça Vicente Cicarino um palco de show musical, apresentação de ginástica com a atleta da Seleção Brasileira de Ginástica Aeróbica, Manoella Aparecida, e exames que visavam não apenas o bem estar da mulher, como também de toda a sociedade.

Dilceia Norberto
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Havia o programa de prevenção à diabetes e hipertensão, programa Saúde da mulher, fisioterapia, atividade física e auriculoterapia (uma técnica de diagnóstico e tratamento baseada no pavilhão auricular). Para a diretora de Atenção Básica do Programa de Estratégia de Saúde da Família, Marcia Vieira dos Santos, as atividades eram uma ótima forma de aproximar o cidadão dos programas de saúde. “O objetivo é a agente comemorar o Dia Internacional da Mulher e trazer a população para debater a questão da atenção básica, promoção e prevenção em saúde”, disse Marcia.

De acordo com a diretora, o evento serviu também, além das comemorações, para mostrar como a saúde do município pretende trabalhar. “Estamos aqui passando que o nosso município hoje vem para trabalhar na prevenção a qualquer tipo de doenças. A gente vai trabalhar na atenção básica. Vamos investir na saúde da mulher, da criança, do idoso. Estamos revendo o que podemos fazer e acredito que no segundo semestre estaremos fortes nessa atenção”, disse.

Marcia Vieira ainda revelou que em relação à mulher, a prefeitura vai trabalhar a prevenção do câncer de mama e do colo do útero. “Essa é nossa bandeira em relação á mulher, além do planejamento familiar, fazendo laqueadura e oferecendo todos os métodos contraceptivos. Vamos investir nos profissionais, vamos fazer capacitação em todas as unidades de estratégia de saúde da família. O acesso da mulher tem que ser livre nessas unidades e quando elas não conseguirem, elas tem que realmente procurar a secretaria, mas elas também têm que entender que esse é um momento de mudança”, conclui.

Numa pequena enquete feita pelo ATUAL nas ruas da cidade, grande parte das mulheres afirmou que o que mais sentem falta na cidade é de um atendimento de qualidade para a saúde da mulher. Espera-se que o as autoridades competentes, de fato, cumpram com o prometido. A conferir.

 


Pessoas participam da auriculoterapia em atividade para comemorar o Dia Internacional da Mulher (
FOTO DILCEIA NORBERTO)


Marcia Vieira afirma que o sistema de saúde da cidade vai atuar mais na atenção básica a partir do semestre que vem (FOTO DILCEIA NORBERTO)

 

Mais Cotidiano

Praia da Quatiquara: de paraíso ao abandono

Dilceia Norberto dilceia.norberto@jornalatual.com.br ILHADA Como se não... (leia mais)

Últimas Notícias

Praia da Quatiquara: de paraíso ao abandono

Dilceia Norberto dilceia.norberto@jornalatual.com.br ILHADA Como se não... (leia mais)

Assembleia do Sepe mostra resistência apesar do desânimo

Dilceia Norberto dilceia.norberto@jornalatual.com.br DEBATES Trabalhadores da educação... (leia mais)