Loading...
May 24, 2018 Last Updated 1:17 PM, May 24, 2018

Atividades culturais chegam ao bairro Teixeiras, em Itagua

ARTISTAS CIRCENSES  divertem as crianças durante as edições do projeto, nos vários bairros ARTISTAS CIRCENSES divertem as crianças durante as edições do projeto, nos vários bairros FOTO RAFAEL CICARINO
Publicado em Cotidiano
Ler 201 vezes
Avalie este item
(1 Votar)

Com o tema “O Engenho de Açúcar do Facão”, programação conta com artesanato, oficinas gratuitas e muito mais

 COMEMORAÇÕES As comemorações do bicentenário de Itaguaí não param. Desta vez, as atividades do projeto Ativação Cultural Itaguaí 200 Anos, que tem o patrocínio da Vale e do Ministério da Cultura, chegam ao bairro Teixeiras com o tema “O Engenho de Açúcar do Facão”.  Os moradores da região terão a oportunidade de participar de oficinas gratuitas e de contação de história, além de assistir a apresentações musicais, visitar uma feira de artesanato, entre outras atividades programadas para ocorrer na Praça da Amendoeira, no dia 19 de maio, a partir das 10h.

Itaguaí completa 200 anos de emancipação no dia 5 de julho, mas até dezembro, diversas atividades culturais temáticas acontecem em pontos do município mensalmente, seguindo os temas: “Os Índios”, “Os Jesuítas”, “O Engenho de Açúcar do Facão”, “O Nascimento da Cidade”, “A Passagem do Príncipe Rumo à Independência”, “Os Africanos”, “A República”, “A Imigração Japonesa” e “Os dias de hoje”. Um dos destaques da programação é a criação de uma colcha que contará a história da cidade com 200 quadrados feitos por quem passar pelas oficinas de Patchwork ao longo do projeto.

A primeira edição teve o tema “Os Índios” e aconteceu na Praça Vicente Cicarino, no Centro. Já a segunda, o tema trabalhado foi “Os Jesuítas” no Largo da Igreja de São Benedito, em Coroa Grande. Além dos espaços públicos, as ações culturais também acontecem nas escolas da cidade. Desde março, diversas unidades escolares receberam a equipe do projeto Ativação Cultural Itaguaí 200 Anos que levaram apresentação teatral, atividades circenses como perna de pau e tecido acrobático, além de poesias e música.

Segundo a idealizadora do projeto “Ativação Cultural Itaguaí 200 anos”, Alessandra Reis, o objetivo das ações é buscar o resgate da memória social e das raízes dos itaguaienses. “Quero agradecer ao Ministério da Cultura e a empresa Vale, que estão patrocinando por meio da Lei de Incentivo à Cultura, por acreditar no projeto, que visa o resgate da nossa memória social. E que assim, a partir do conhecimento das nossas raízes, possamos projetar um futuro melhor”, destaca a idealizadora do projeto.

Confira os próximos locais que vão receber as atividades culturais de comemoração dos 200 anos de Itaguaí:

 Maio - Tema: O Engenho de Açúcar do Facão” - Praça da Amendoeira – Teixeiras

 Junho - Tema: “O Nascimento da Cidade” - Praça da APAE – Estrela do Céu

Julho - Tema: “A Passagem do Príncipe Rumo à Independência” - Praça da Igreja Matriz- Centro

Agosto - Tema: “Os Africanos” - Praça CEUs – Chaperó

Setembro - Tema: “A República” - Praça dos Prédios – Vila Margarida

Outubro - Tema: “A Imigração Japonesa” - Praça de Mazombinha – Mazomba

Novembro - Tema: “Os Dias de Hoje” - Largo da Igreja de São Pedro - Ilha da Madeira

Dezembro - Encerramento do Projeto - Praça das Artes – Centro

 Programação do dia 19 de maio:

Local: Largo da Igreja de São Benedito – Coroa Grande

10h – abertura com cortejo cultural

Apresentação do Coral da Melhor Idade

Contação de história com Eduardo Tefé – tema: Engenho de Açúcar do Facão

Feira de artesanato

 Oficinas:

- patchwork – ”200 anos em 200 mãos”

- artes plásticas

- recicloteka: brinquedos e brincadeiras infantis

- tecidos acrobáticos com as brincantes do Estúdio Despertando

- artesanato: confecção de boneca de pano

- oficina de animação: montagem do curta “Quiva e Laiá”

Voz e violão com João Marcelo

Roda de danças indígenas

 Ficha Técnica do projeto:

Idealização: Alessandra Reis

Direção Artística: Horlan Gentil

Produção Executiva: Luci Rosane e Cátia Moraes

Coordenação Artística: Mariana Castro

Coordenação de Artesanato: Lu Bispo

Historiador: Gustavo Guimarães

Assessoria de Imprensa: Sara Oliveira

Programação Visual: Lucas Moratelli

Coordenação Técnica: Sandro Rubim

Gestão Financeira: Natália Simonete

Foto e vídeo: Rafael Cicarino, Roberto Rosendo e Bruno Soares