Loading...
May 24, 2018 Last Updated 1:17 PM, May 24, 2018

Alunos da rede estadual têm chance de aprender teatro

A CASA de Cultura Laura Alvim, em Ipanema, vai sediar as aulas destinadas a alunos da rede estadual A CASA de Cultura Laura Alvim, em Ipanema, vai sediar as aulas destinadas a alunos da rede estadual FOTO REPRODUÇÃO
Publicado em Cotidiano
Ler 289 vezes
Avalie este item
(0 votos)

Estudantes terão a Carteira de Trabalho assina e receberão salário durante o período de formação 

OPORTUNIDADE As secretarias estaduais de Educação e de Cultura, com apoio do Ministério do Trabalho e do RioSolidario, anunciam uma parceria pioneira com os institutos Arcadia e Invepar e com o MetrôRio para oferecer Cursos de Aprendizagem e Formação Profissional em Teatro direcionados para alunos de escolas públicas estaduais e adolescentes que cumprem medidas socioeducativas. Além da capacitação, os jovens terão a Carteira de Trabalho assinada e receberão salário por meio do Projeto Jovem Aprendiz em um projeto que, segundo o Governo do estado, é pioneiro no país.

O lançamento do Projeto “Jovem Aprendiz no Teatro” será amanhã, às 10 horas, na Casa de Cultura Laura Alvim, com a presença da presidente do RioSolidario, Maria Lúcia Horta Jardim; dos secretários estaduais Wagner Victer (Educação) e Leandro Sampaio Monteiro (Cultura), além de representantes das empresas parceiras.

Segundo o Governo do Estado, os alunos que vão participar do projeto terão aulas teóricas e práticas de interpretação de textos e personagens; ensaio de obras dramáticas; desenvolvimento de procedimentos de interpretação e de pesquisas e demonstração de competências pessoais. “Os jovens também aprenderão técnicas de direção de teatro e de palco, cenografia, sonoplastia, entre outros ensinamentos aplicados e adotados nos campos da arte e da cultura”, detalhou o secretário de Cultura, Leandro Monteiro.

Os cursos terão duração de 15 meses, totalizando 1.200 horas. As aulas serão na Casa de Cultura Laura Alvim e em um espaço do MetrôRio, um dos parceiros da iniciativa, preparado para receber os estudantes. “A iniciativa é pioneira na área da cultura e promoverá capacitação e qualificação profissional aos jovens, com objetivo de encaminhá-los ao mercado de trabalho. Além disso, a proposta estimulará o protagonismo juvenil, aumentando as chances de desenvolvimento na geração de trabalho e renda e da formação cidadã. Ao final do curso, os jovens como trabalho final do curso terão que preparar e apresentar uma peça de teatro”, destacou o secretário de Educação, Wagner Victer.