Loading...
Aug 17, 2018 Last Updated 2:58 PM, Aug 17, 2018

Alimentação saudável no cardápio dos estudantes

OS ALUNOS receberam orientações de especialistas em nutrição OS ALUNOS receberam orientações de especialistas em nutrição FOTO DIVULGAÇÃO/PMS
Publicado em Cotidiano
Ler 625 vezes
Avalie este item
(0 votos)

Nutricionistas vão às escolas explicar a pais e alunos os benefícios do consumo de produtos com alto poder nutritivo

ORIENTAÇÃO Os dias 25 e 30 de abril foi dia de os pais de alunos das escolas públicas de Seropédica se unirem aos seus filhos no ambiente escolar para assistirem a palestras sobre conscientização alimentar e boas práticas em unidades de alimentação. No dia 25, as nutricionistas Adriana Araújo e Gabriela Tostes, da Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Esportes, visitaram a Escola Municipal Abeilard Goulart, onde enfatizaram que a formação de hábitos para uma alimentação saudável é diretamente ligada a aspectos educacionais que envolvem a família e a escola. Na segunda-feira (30), a palestra foi ministrada para os alunos da Escola de Jovens e Adultos Diurno, que funciona na Escola Municipal Panaro Figueira.

Em ambas as ocasiões as especialistas destacaram a importância do papel dos pais na prática de hábitos saudáveis na alimentação, a fim de evitar males associados à incorreta ingestão de alimentos ricos em gordura saturada, sal e açúcar. Elas alertaram sobre riscos de obesidade, hipertensão arterial, diabetes, elevação nos níveis de colesterol e triglicerídeos, doenças cada vez mais comuns na população infantil e adolescente.

Adriana Araújo comentou que há casos em que as crianças se recusam a comer verduras e legumes, e que, às vezes, preocupadas com o risco de essas crianças ficarem desnutridas, as mães acabam cedendo, liberando o consumi de alimentos como batata frita. Para a especialista, essa atitude é comparável àquela em que os pais, para evitar uma cena de birra, fazem todas as vontades da criança. Segundo Adriana, além de ser arriscado para a saúde, isso acaba formando adolescentes mimados e com dificuldade de lidar com a frustração e com problemas de obesidade.

A diretora da Escola Abeilard Goulart destacou que mesmo a unidade passando por reformas sugeriu a palestra porque fica preocupada com a alimentação dos alunos. “Me preocupo até mesmo com o lanche que algumas crianças gostam de trazer de casa. A alimentação que damos na escola é balanceada e de qualidade”, justificou a educadora, reforçando a tese de que é necessário conscientizar os alunos sobre a importância de consumir alimentos saudáveis, equilibrando as refeições do dia na busca de reduzir a obesidade e os problemas oriundos de uma má alimentação.

As nutricionistas também se referiram à chamada pirâmide alimentar, guia em cuja base está o grupo dos carboidratos, substâncias que fornecem energia para o corpo, por meio do consumo de alimentos como massas e cereais. Acima vêm as frutas, verduras e legumes, que são reguladores e contêm vitaminas, minerais e fibras. No terceiro nível da pirâmide ficam os alimentos construtores, que são as carnes, leguminosas, leites e derivados. “A nossa intenção enquanto equipe, é sensibilizar os alunos quanto aos riscos e benefícios na formação dos hábitos alimentares, a fim de que eles, ao escolherem o que colocar na lancheira, o façam corretamente e que sejam conscientes de que a escola também oferece alimentos que incentivam a formação de hábitos saudáveis e que contribuirão com melhoria da saúde”, ressaltou a nutricionista Gabriela Tostes.