Loading...
Aug 17, 2018 Last Updated 2:58 PM, Aug 17, 2018

Direitos da criança e do adolescente são debatidos em Itaguaí

Estiveram presentes sociedade civil, órgãos e ONGs que prestam serviço a crianças e adolescentes Estiveram presentes sociedade civil, órgãos e ONGs que prestam serviço a crianças e adolescentes FOTO CLEITON BEZERRA
Publicado em Cotidiano
Ler 958 vezes
Avalie este item
(0 votos)

Evento se tratou da VI Pré-Conferência Municipal e reuniu sociedade civil e profissionais que atuam no setor

DIREITOS “Proteção integral e diversidade do enfrentamento da violência” foi o tema da VI Pré-Conferência Municipal dos Direitos da Criança e Adolescente realizada na sexta-feira (27). O evento foi promovido pelo Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) de Itaguaí no auditório do Ministério Público, localizado no centro do município.

O objetivo principal do evento foi construir propostas para a conferência municipal ser realizada a em novembro, assim como promover espaços de discussão entre a sociedade civil e profissionais de programas, órgãos e ONGs que prestam serviço a crianças e adolescentes.

A mesa inicial do evento foi composta pela presidente do CMDCA, Nelucia Coelho; a psicóloga Adriane Trierweiller; a auxiliar administrativa da Secretaria de Assistência Social de Itaguaí, Cláudia Godinho; assistente social da Secretaria de Saúde de Itaguaí, Angélica Sanches; médica pediatra, Renata Sixel; e, por fim, a promotora de justiça da infância e da juventude de Itaguaí, Fernanda Ottoni.

Para a presidente do CMDCA e uma das coordenadoras da atividade, Nelucia Coelho, ressaltou a importância do diálogo entre profissionais, governantes e sociedade civil. “Nossa proposta neste espaço foi a de reunir governo, sociedade civil organizada e discutir as prioridades nas políticas públicas para os próximos anos. É nesse segmento que se estabelece pactos para alcançar determinadas metas e prioridades além de ser um espaço importante de trocas de experiências”, destacou.

PALESTRAS

Após a apresentação da mesa do evento, uma sequência de cinco palestras foram realizadas. A primeira abordou a garantia dos direitos e políticas públicas integradas a inclusão social, ministrada pela psicóloga Adriane Trierweiller.

A segunda palestra, ministrada pela assistente social Angélica Sanches e pela médica pediatra Renata Sixel, tratou da prevenção e enfrentamento da violência contra a criança e adolescente.

Já a terceira apresentação trouxa para discussão a questão do orçamento e financiamento das políticas públicas para criança e adolescente, esta palestra ficou a cargo da auxiliar administrativa da Secretaria de Assistência Social de Itaguaí, Cláudia Godinho.

A psicóloga Adriane Trierweiller, que também é a vice presidente da CMDCA, ministrou a quarta palestra, que tratou da participação, comunicação social, protagonismo da criança e do adolescente.

Por fim, a última palestra do dia foi sobre o espaço de gestão e controle social das políticas de promoção e proteção e defesa dos direitos da criança e adolescente.

O Conselho Municipal de Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) conta com um total funcional disponível de R$ 145 mil. O CMDCA está preparando duas atividades.

A primeira na Praça Vicente Cicarino, no dia 17 de maio de 8h às 12h, onde serão feitas orientados sobre o direito da criança e do adolescente para a sociedade civil.

Já no dia seguinte, 18 de maio também das 8h às 12h, será realizada uma atividade voltada para os profissionais que trabalham com esse público. A Câmara Municipal de Itaguaí receberá o segundo evento da CMDCA.

Presidente do CMDCA e uma das coordenadoras da Pré-Conferência, Nelucia Coelho

CLEITON BEZERRA

Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Última modificação em Quarta, 02 Maio 2018 14:34