Loading...
Apr 22, 2018 Last Updated 4:35 PM, Apr 20, 2018

Ex-alunos da rede municipal de Itaguaí ingressam em escolas federais

Ingressar este ano em escolas federais sediadas na região, feito de quatro jovens do município Ingressar este ano em escolas federais sediadas na região, feito de quatro jovens do município FOTO DIVULGAÇÃO/PMI
Publicado em Cotidiano
Ler 428 vezes
Avalie este item
(0 votos)

Sucesso dos estudantes é atribuído à dedicação aos estudos durante trajetória acadêmica

EXEMPLO Ingressar este ano em escolas federais sediadas na região, após concluir o ensino fundamental na rede pública de educação de Itaguaí, esse foi o feito realizado por quatro adolescentes do município.  O excelente desempenho dos estudantes nos concursos, que realizaram para ter acesso ao Centro Federal de Educação Tecnológica Celso Suckow da Fonseca (CEFET/Itaguaí) e ao Colégio Técnico da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (CTUR) deve-se à dedicação de cada um aos estudos.

Yago Henrique Lanes Bonfim, de 15 anos, Richard Luiz da Rocha Gabry, de 15 anos, e Frank de Oliveira Medeiros Júnior, de 16 anos, estudavam no Ciep 300 Municipalizado Prefeito Vicente Cicarino, no Centro. O futuro dos três garotos começou a ser desenhado no fim de 2017 quando eles decidiram prestar concurso para o primeiro ano do ensino médio, associado ao curso técnico em mecânica industrial, do CEFET/Itaguaí.

A disputa foi acirrada. Eram 40 vagas para mais de 300 jovens inscritos. O resultado final para os meninos itaguaienses não poderia ter sido melhor. Yago, Richard e Frank conquistaram um lugar na famosa instituição federal. “Meus pais e o Ciep 300 foram determinantes para que eu conseguisse a vaga”, destacou Yago.

Isabelly Falagan, de 15 anos, a única menina do grupo, terminou seu ensino fundamental na Escola Municipal Vereador José Galliaço Prata, no bairro Amendoeira. Isabelly sonha em fazer medicina. Mas, enquanto não chega essa hora, ela decidiu disputar uma vaga para o curso técnico de agroecologia do CTUR. Saiu vitoriosa. “Os professores da Galliaço me ajudaram muito para que eu passasse no concurso”, ressaltou Isabelly.

Os três jovens egressos do Ciep 300 se tornaram referência para os demais alunos da escola. Recentemente eles deram uma palestra na unidade com o objetivo de incentivar os colegas a seguirem o mesmo caminho.

 

 

 

Mais Cotidiano

Últimas Notícias

Terceira Idade de Itacuruçá celebra o Dia do Índio com gincana

Os participantes realizaram diversas atividades... (leia mais)

Dificuldade na aprendizagem é tema de capacitação

MANGARATIBA A Diretoria de Assistência... (leia mais)

A caminho da regularização empresarial

Sebrae vai promover encontros destinados... (leia mais)