Loading...
Aug 18, 2018 Last Updated 2:58 PM, Aug 17, 2018

Recital beneficente é promovido pela Orquestra Jovem de Itaguaí

O recital beneficente contou com a presença da pianista Keila Zuliani e do violinista Adriano Souza O recital beneficente contou com a presença da pianista Keila Zuliani e do violinista Adriano Souza FOTO REPRODUÇÃO
Publicado em Cotidiano
Ler 1519 vezes
Avalie este item
(1 Votar)

ARTE- O Teatro Municipal de Itaguaí recebeu, na noite de segunda-feira (5), o “Recital Beneficente Orquestra Jovem De Itaguaí & Amigos”. O objetivo do evento foi arrecadar dinheiro para a reforma de pianos usados nos projetos da Orquestra Jovem de Itaguaí (Orji). O recital beneficente contou com a presença da pianista Keila Zuliani, dona da Escola de Música Dó Ré Mi, da banda Sei Que Me Amas, do cantor Kiko Viana, do violonista clássico Paulo Richard, do maestro Otacílio Acordeon e o violoncelista Isaías Quintanilha.

Os pianos serão usados para aperfeiçoar as aulas de técnica vocal, após a reforma. O projeto já possuiu quatro pianos, mas é necessário mais um. Quatro irão auxiliar as aulas em quatro escolas municipais da cidade e o outro ficará na sede do projeto, na Catedral São Francisco Xavier, no Centro de Itaguaí.

A Orji completou um ano, no dia 15 de janeiro, e é liderada pelo professor Adriano Souza, diretor artístico do projeto. Por meio da música o grupo leva o nome da cidade de forma positiva por onde passa. Ao som do violino, juntos, eles entoam o melhor desta terra. “O recital foi um sucesso, conseguimos alcançar o objetivo proposto para o recital. Superou minhas expectativas quanto ao envolvimento da cidade, que abraçou o projeto”, destacou o professor.

Ainda segundo o diretor artístico da Orji, muitas pessoas ajudaram voluntariamente com seus serviços durante o evento. “Tivemos uma equipe se filmagem, um estúdio de gravação e fotógrafo profissional, que doaram seus serviços, emprestaram equipamentos e culminou com a gravação de um DVD durante o evento”, contou Adriano Souza.

A meta estabelecida para reforma dos pianos também foi alcançada durante o recital.  Agora a Orji fará outras atividades para atingir a meta de 100% do valor da reforma, informou Adriano.

O recital beneficente contou com a apresentação da Orquestra Jovem de Itaguaí e vários artistas. Entre os artistas da noite estava o violonista clássico Paulo Richard, que mostrou seu talento e falou ao ATUAL sobre a importância de eventos deste tipo para Itaguaí. “Acredito que eventos desse tipo têm a função de mudar gradativamente a mentalidade da população sobre cultura e musicalidade. São iniciativas assim que vão fazer com que os jovens de hoje compreendam a sociedade de uma forma diferente. Algo como música clássica, que é considerado bem elitista e inalcançável, passa a ser cada vez mais tangível”, finalizou Paulo Richard.