Feb 21, 2018 Last Updated 2:08 PM, Feb 21, 2018

Destaques

UFRuralRJ está em pesquisa do …

Juntos, negros e pardos já representavam, há três anos, 47,5% do total de estuda...

Projeto Praia Verão 3ª Idade i…

Itacuruçá foi o primeiro núcleo a realizar as atividades com suas integrantes I...

Mais uma doença de verão: Conj…

Com alto risco de contaminação, saiba como evitar esse grande incômodo na vista ...

A Cedae transportou parte da tubulação para o Novo Guandu até a Estação de Tratamento de Água A Cedae transportou parte da tubulação para o Novo Guandu até a Estação de Tratamento de Água FOTO DIVULGAÇÃO
Publicado em Cotidiano
Ler 311 vezes
Avalie este item
(0 votos)

NOVA ESTAÇÃO- Os tubos que atenderão a região da Baixada Fluminense já começaram a ser entregues. A Cedae transportou parte da tubulação em aço adquirida para o Novo Guandu, em Nova Iguaçu, para a Estação de Tratamento de Água (ETA), com capacidade para produzir mais 12 mil litros de água por segundo para a região da Baixada.

Três carretas deixaram a fábrica, na Avenida Santa Cruz, em Santíssimo, em direção ao depósito da Cedae, na Avenida Brasil, 51.100, em Campo Grande, passando pela Avenida Presidente Dutra. Cada carreta transportou 12 metros de tubos, pesando 14 toneladas. No total, serão 303 tubos com 2,5 metros de diâmetro a serem transportados ao longo do ano.

A nova estação de tratamento vai favorecer todo o sistema de abastecimento da Baixada Fluminense, reforçando o fornecimento de água para a população atual e já garantindo o atendimento da demanda futura, com o crescimento dos municípios.

ABASTECIMENTO

O Novo Guandu, que terá reservatório para 53 milhões de litros de água, faz parte do Programa de Abastecimento de Água para a Baixada Fluminense. A iniciativa tem investimento de R$ 3,4 bilhões, oriundos de empréstimo da Cedae junto à Caixa Econômica. A previsão é de que 2,2 milhões de pessoas sejam beneficiadas.

Mais Cotidiano

Últimas Notícias