Feb 21, 2018 Last Updated 2:08 PM, Feb 21, 2018

Destaques

UFRuralRJ está em pesquisa do …

Juntos, negros e pardos já representavam, há três anos, 47,5% do total de estuda...

Projeto Praia Verão 3ª Idade i…

Itacuruçá foi o primeiro núcleo a realizar as atividades com suas integrantes I...

Mais uma doença de verão: Conj…

Com alto risco de contaminação, saiba como evitar esse grande incômodo na vista ...

Mangaratiba promove encontro do “Janeiro Branco”

Evento reuniu servidores da Saúde, Educação, Assistência Social e população em geral Evento reuniu servidores da Saúde, Educação, Assistência Social e população em geral FOTO J. ALVES BAHIA/PMM
Publicado em Cotidiano
Ler 351 vezes
Avalie este item
(0 votos)

CAMPANHA Com a chegada do novo ano muitas pessoas se sentem estimuladas a determinarem metas e mudanças para suas vidas. Com esse gancho, a Secretaria de Saúde de Mangaratiba realizou na quarta-feira (31), um encontro que faz parte da campanha nacional “Janeiro Branco”, cujo objetivo é conscientizar a população sobre a importância de cuidar preventivamente da saúde mental e emocional. O evento aconteceu no Centro Cultural Cary Cavalcanti e foi destinado aos profissionais da Saúde, Educação, Assistência Social e população em geral.

Foram realizadas duas rodas de conversas com profissionais da área. Na primeira, o psicólogo da Unidade Básica de Saúde de Muriqui, Juraci Brito falou sobre a ‘Depressão na Contemporaneidade’. Em seguida, a psicóloga e a assistente social do Lar Marilisa, respectivamente, Ariane Pereira e Laís Lima, abordaram o tema: ‘A dor psíquica do abandono e da separação’.

Já na segunda roda, Davi Leal, médico do ambulatório de Saúde Mental de Mangaratiba, falou sobre o ‘Adoecimento mental no mundo moderno’ e a psicóloga do CAPS Mangaratiba, Ana Carolina de Paula, relatou sobre a ‘Saúde mental e qualidade de vida’. Em seguida, foi realizada uma dinâmica de encerramento com a psicóloga Elisa Goulart sobre o tema do encontro.

Segundo Sonia Guimarães, psicóloga e coordenadora de Saúde Mental em Mangaratiba, a ideia do evento foi promover rodas de conversa sobre o tema, aproximando os profissionais da Saúde Mental com a população. “Queremos incentivar as pessoas a investir em si própria, e não deixar chegar o limite para procurar um profissional. Elas devem cuidar da saúde mental como cuidam do corpo”.

Cláudia Faustino, moradora da Praia do Saco, participou do encontro e o classificou de grande importância. “Esse encontro serve de alerta para as pessoas de como é necessário prestar atenção na sua saúde mental e emocional. Às vezes lidamos com coisas no dia a dia que acabam abalando a nossa estrutura. A prefeitura está de parabéns por oportunizar esse aprendizado. É uma oportunidade que temos de vencer a barreira, o preconceito, a cultura do ‘maluco’ e nos cuidarmos de verdade”.

 

Última modificação em Sexta, 02 Fevereiro 2018 11:55

Mais Cotidiano

Últimas Notícias