Feb 21, 2018 Last Updated 2:08 PM, Feb 21, 2018

Destaques

Mangaratiba intensifica combat…

PREVENÇÃO- A Secretaria Municipal de Saúde de Mangaratiba (SMSM) anunciou ontem ...

Sobe para 33 o número de morto…

CONFIRMADOS- Sobe para 33 o número de mortos pela febre amarela no estado do Rio...

Apresentação dos alunos da ofi…

CULTURA- Os alunos da oficina de verão de teatro de Itaguaí terão que esperar um...

Em Itaguaí serão distribuídos mais de 70 mil preservativos

Serão distribuídos de kits com camisinhas e gel lubrificante na rodoviária de Itaguaí dia 9 de fevereiro Serão distribuídos de kits com camisinhas e gel lubrificante na rodoviária de Itaguaí dia 9 de fevereiro FOTO PEDRO REVILLION
Publicado em Cotidiano
Ler 286 vezes
Avalie este item
(0 votos)

Uma novidade que já começa a valer neste Carnaval é o teste rápido de HIV realizado toda terça e quinta-feira

PREVENÇÃO- Falta pouco para o carnaval. Em meio à festa que alegra milhares de pessoas uma preocupação surge: o aumento das Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST). É por isso que serão realizadas ações que visam conscientizar e mobilizar a sociedade em relação à incidência de novos casos.

Ao todo as unidades de saúde de Itaguaí receberão mais de 70 mil preservativos masculinos e femininos, além de gel lubrificante. A Associação de Blocos de Itaguaí receberá mais de 28 mil camisinhas para serem distribuídas aos foliões. “No carnaval nosso objetivo é conscientizar a população sobre a vulnerabilidade a que ela acaba se expondo mediante a prática do sexo sem preservativo”, destaca o Coordenador do Programa IST/AIDS e Hepatites Virais, Roberto Leal.

TESTE RÁPIDO

Uma novidade que já começa a valer neste carnaval é o teste rápido de HIV realizado toda terça e quinta-feira no Centro de Testagem e Aconselhamento do Programa IST/AIDS e Hepatites Virais na Rua Ari Parreiras, 1.622, bairro Engenho. Em caso de resultado positivo, a secretaria inicia a medicação imediatamente e garante o atendimento médico em até sete dias com toda a equipe multidisciplinar conforme preconizado pelo Ministério da Saúde.

“Cabe ressaltar que as pessoas expostas ao sexo sem preservativo devem fazer o PEP (Profilaxia Pós Exposição) em até 72 horas após a última exposição sexual. Isso diminui o risco de desenvolver o vírus do HIV. Esse medicamento é oferecido de forma gratuita no programa IST/AIDS”, explica o coordenador.

O PEP é um coquetel de medicamentos que deve ser tomado durante o período de 30 dias para diminuir a chance de desenvolver o vírus HIV.

AÇÃO NA RODOVIÁRIA

Como forma de ajudar na conscientização das pessoas, o Programa de IST/AIDS e Hepatites virais vai realizar uma ação com distribuição de kits com camisinhas e gel lubrificante na rodoviária do município no dia 9 de fevereiro, a partir das 9 horas.

IST

As Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST) são causadas por vírus, bactérias ou outros microorganismos. A transmissão ocorre por meio de contato sexual (oral, vaginal, anal) sem o uso de camisinha masculina ou feminina, com uma pessoa infectada. O contágio também pode acontecer da mãe para criança durante a gestação, o parto ou a amamentação. As principais ISTs são sífilis, HIV, gonorreia e HPV. (com informações PMI)