Jan 21, 2018 Last Updated 5:06 PM, Jan 19, 2018

Destaques

Light está com vagas para elet…

OPORTUNIDADE- A Light divulgou na quinta-feira (18), por meio das redes sociais...

Postos de vacinação contra a f…

FEBRE AMARELA – Aumentou o número de postos de vacinação de Seropédica que estar...

Protesto pela vacina da febre …

Moradores do bairro Vista Alegre fecharam rua da UBS pedindo vacina. A dose é of...

O que fazer com o pet durante a queima de fogos da virada?

Os cachorrinhos da estudante Giulia são muito bem cuidados e tem até Instagram: oscatiorros Os cachorrinhos da estudante Giulia são muito bem cuidados e tem até Instagram: oscatiorros FOTO DIVULGAÇÃO
Publicado em Cotidiano
Ler 835 vezes
Avalie este item
(0 votos)

rede de franquias Animal Place dá cinco dicas para você proteger seu pet

 

As festas de final de ano costumam reunir famílias que, alegres, comemoram. Nessas ocasiões, o uso de fogos de artifício é comum. Em alguns lugares do Rio de Janeiro, a queima desses fogos dura mais de 15 minutos. Infelizmente, essa comemoração é motivo de preocupação e angústia para quem tem animais em casa, pois eles tendem a se assustar e mudar radicalmente o comportamento por conta do barulho dos fogos e rojões.

A estudante da Universidade Federal Rural do Rio do Janeiro (UFRuralRJ), Giúlia Escuri, de 20 anos, conta que têm quatro cachorros da raça xitsu. Ela, que cuida deles há anos, fica aflita com a queima de fogos perto de sua casa. “Eles ficam muito estressados, ficam desesperados. Eles ficam sem comer, sem beber água. Se os fogos duram o dia inteiro, como foi no caso do Natal, eles ficaram assim o dia todo”, disse a estudante. Pensando nisso, a rede de franquias Animal Place, com sede em São Paulo, separou algumas dicas de como ajudar os animais nessa situação.

1.    Acomode o pet em um local da casa onde possa mantê-lo em segurança e que tenha o menor ruído possível;

2.    Não deixe o cão preso em correntes na hora dos fogos, na hora do pânico ele pode se machucar;

3.    Mantenha portas e janelas trancadas, evitando que o animal fuja e até mesmo se perca;

4.    Tape os ouvidos do animal com um chumaço de algodão parafinado (hidrófobo);

5.    Nunca deixe o pet sozinho nesses momentos de pânico e medo. A companhia do dono ajuda a passar mais segurança e amenizar esses momentos ruins.

A dona de casa Denize Queiroz, de 37 anos, tem cinco cachorros da raça pinscher, falou que já está acostumada com essa aflição durante a queima de fogos e há anos segue essas dicas. “Eu nunca saio em época de fogos, tenho que fechar todas as portas e janelas e me sento ao lado deles para se sentirem seguros. Ficamos no quarto com o ar condicionado ligado.”. Ela garante que só assim eles ficam mais tranquilos e evita algum acidente.

 

Essas dicas são válidas para todos os dias do ano. Principalmente na noite de Réveillon, que muitos fogos de artificio enfeitam os céus. Dessa forma você e seu pet terão um dia calmo e agradável. 

 

LETÍCIA SABBATINI

Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

LUÍSA MARTINELLI             

 

luíEste endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Última modificação em Sexta, 29 Dezembro 2017 09:55