Jan 21, 2018 Last Updated 5:06 PM, Jan 19, 2018

Destaques

Light está com vagas para elet…

OPORTUNIDADE- A Light divulgou na quinta-feira (18), por meio das redes sociais...

Postos de vacinação contra a f…

FEBRE AMARELA – Aumentou o número de postos de vacinação de Seropédica que estar...

Protesto pela vacina da febre …

Moradores do bairro Vista Alegre fecharam rua da UBS pedindo vacina. A dose é of...

Inea realiza operação e devolve caranguejos apreendidos à natureza

Placa sinaliza proibição de captura de animais na região e guarda-parques auxiliam a fiscalizar local Placa sinaliza proibição de captura de animais na região e guarda-parques auxiliam a fiscalizar local FOTO REPRODUÇÃO
Publicado em Cotidiano
Ler 322 vezes
Avalie este item
(0 votos)

FISCALIZAÇÃO- Uma equipe do Instituto Estadual do Ambiente (Inea) devolveu mais de cem caranguejos à natureza. A apreensão dos animais aconteceu na Estrada Roberto Burle Max, em Barra de Guaratiba, na quinta-feira (15), em seguida os animais foram soltos na Reserva Biológica Estadual de Guaratiba, que é administrada pelo Inea.

Os caranguejos, das espécies Guaiamum (Cardisoma guainhumi) e Uçá (Ucides cordatus), foram apreendidos por uma equipe de guarda-parques do Inea durante uma vistoria realizada na Estrada Roberto Burle Max, em Barra de Guaratiba. Os animais foram capturados para venda o que é proibido em uma reserva biológica. Ao perceberem a chegada da equipe do Inea, os infratores fugiram, deixando para trás os caranguejos que estavam amarrados e prontos para serem comercializados.

Com 3.360 hectares, a Reserva Biológica Estadual de Guaratiba protege importante remanescente de manguezal na Região Metropolitana do Rio de Janeiro, associado à Baía de Sepetiba. Trata-se de ecossistema de grande valor ambiental, econômico e social, por oferecer inúmeros serviços ambientais, dentre os quais a manutenção da diversidade biológica; a oferta de pontos de repouso e alimentação para diversas espécies de aves migratórias, dentre outros