Nov 17, 2017 Last Updated 5:46 PM, Nov 17, 2017

Rio sedia hoje fórum sobre integração porto-cidade

PORTO DE Santos: experiência no primeiro município do Brasil a ter uma Secretaria Municipal de Portos PORTO DE Santos: experiência no primeiro município do Brasil a ter uma Secretaria Municipal de Portos FOTO REPRODUÇÃO
Publicado em Cotidiano
Ler 285 vezes
Avalie este item
(0 votos)

Evento, que já teve edições em Itaguaí,  propõe análise da melhor forma de promover políticas urbano-portuárias, de modo a estimular a expansão da logística retroportuária e a modernização do sistema

 

REFLEXÃO Vários complexos portuários ao redor do mundo se empenham em fazer com que suas atividades sejam modernizadas a cada dia, de modo a fazer frente à demanda do mercado internacional, sem produzir impactos negativos significativos na rotina das cidades que os abrigam. A busca da plena harmonia entre os portos mundo afora e as municipalidades são o tema central do “Fórum Porto Cidade 2017 - Rio de Janeiro - um olhar sobre a integração urbano-portuária, a expansão da logística retroportuária e a modernização do sistema portuário”, que será realizado hoje, entre 14h e 19h, no Centro Cultural da Justiça Federal, na Avenida Rio Branco, 241, no centro do Rio. Gratuitas, as inscrições podem ser feitas pelo email  Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

O evento tem o objetivo de reunir os diversos atores sociais para refletir sobre casos de sucesso da relação porto-cidade, além de divulgar e discutir os principais conceitos relacionados ao tema. Também é propósito do encontro estimular o debate acerca dos impactos e desafios dos modais e gargalos logísticos, promover debate sobre os impactos do modelo de porto inteligente e nós logísticos e analisar a situação da cadeia logística e seu impacto econômico. Em sua oitava edição, o fórum é um evento internacional concebido e organizado pela entidade Saber Global, que já realizou discussões similares em Itaguaí. Ele contará com a participação de autoridades públicas estaduais e federais, prefeitos e secretários, lideranças empresariais ligadas ao setor portuário, além da comunidade acadêmica, entidades de classe, associações comerciais, ambientalistas e consultores.

Os debates terão a participação de nomes como José Alfredo de Albuquerque, diretor de Gestão e Modernização Portuária, Segurança e Saúde da Secretaria Nacional de Portos; Rinio Brutomesso, presidente da Asociación para la Colaboración entre Puertos y Ciudades; Frédéric Monié, professor da Universidade Federal do Rio de Janeiro; Jovelino Pires, coordenador da Câmara de Logística Integrada da Associação de Comércio Exterior do Brasil; Adalmir José de Souza, diretor geral do Núcleo de Estudos e Desenvolvimento de Infraestrutura da Universidade Federal Fluminense; Sérgio Aquino, presidente da Federação Nacional dos Operadores Portuários; João Manoel Vargas, diretor geral dos portos da Terceira e Graciosa, de Açores, Portugal; e Mateus Damazio, diretor de Gestão Portuária da Companhia Docas de São Sebastião, de São Paulo.