Nov 19, 2017 Last Updated 5:46 PM, Nov 17, 2017

Dia do Guia Jonosake reúne agentes de turismo de todo o estado em Itaguaí

Dia do Guia Jonosake reúne agentes de turismo de todo o estado em Itaguaí (FOTOS DIVULGAÇÃO/JONOSAKE)
Publicado em Cotidiano
Ler 1135 vezes
Avalie este item
(4 votos)

Evento foi prestigiado por secretário de Turismo do estado e por representantes de vários segmentos do trade turístico

 

COMEMORAÇÃO E REFLEXÃO Novas conexões envolvendo negócios focados no turismo e a ampliação dessas atividades para além das fronteiras do estado tornaram-se o pano de fundo da 3ª Edição do Guia Jonosake, que reuniu mais de mil guias de turismo de várias regiões do estado, ontem, na Estância Jonosake, em Santa Cândida. O evento teve o apoio institucional dos governos dos estados do Rio de Janeiro e Minas Gerais e de prefeituras de 18 municípios do estado do Rio, que exibiram estandes mostrando suas potencialidades.

Buscando protagonismo na proposta de fazer do turismo uma indústria ainda mais propulsora de desenvolvimento, especialmente num momento de retração na economia como o que se verifica no Brasil, os organizadores do evento incorporaram à programação os saberes oriundos de núcleos como Sebrae, Escola Técnica de Turismo, Vale do Café do Rio, Estrada Real e o Programa de Artesanato do Estado do Rio. O resultado foi a solidificação de propósitos unindo agentes do setor e variados empreendimentos num encontro marcado pela descontração, mas que não esqueceu o turismo como negócio.

Presente ao encontro, o secretário de estado Nilo Sérgio Félix estava acompanhado do presidente da Companhia de Turismo do Estado do Rio de Janeiro, Paulo Senise; e da subsecretária adjunta, Nea Mariozz, que coordena o Programa de Artesanato do estado do Rio de Janeiro. O secretário aproveitou para entregar ao diretor Akira Taguti um certificado reconhecendo a sua relevante contribuição para o desenvolvimento do turismo em nível estadual. “Esse reconhecimento é de todos nós, da família Jonosake”, disse Akira, cujos méritos também foram citados pela subsecretária Nea Mariozz, pelo grande incentivo à atividade artesanal. “O Akira está sendo fundamental para o artesanato”, salientou a subsecretária.

A 3ª Edição do Guia Jonosake abriu uma porta inovadora em termos de turismo regional, ao dar destaque a atividades como a da Escola Técnica de Turismo, que trabalha na formação dos profissionais para atuarem em obediência às normas da legislação vigente; e do Instituto Estrada Real, que é responsável por todas as dinâmicas da maior rota turística do país, com mais de 1.630 quilômetros de extensão, passando por Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo, resgatando as tradições do percurso valorizando a identidade e as belezas da região, envolvendo 178 municípios.

O EVENTO reuniu mais de mil agentes de turismo de diversos municípios do Rio

Olhares distintos para o turismo

Setor da economia diretamente impactado pelos altos índices de criminalidade que assolam o estado, o turismo no Rio de Janeiro sofre com a falta de segurança que amedronta da todos. O assunto foi incluído na programação de palestras esse ano por meio de palestra do major Ivan Blaz, relações públicas da Polícia Militar. Em sua intervenção, o oficial falou sobre a relação íntima entre economia e segurança, o que segundo ele, exerce influência substancialmente negativa na vocação do Rio de Janeiro para o turismo.

Major Ivan Blaz aproveitou para salientar providências que a corporação está adotando para mudar o cenário desfavorável dos últimos anos, como, por exemplo, o estudo de reajuste do efetivo, que deve resultar no remanejamento de três mil homens. Atualmente trabalhando em setores administrativos das Unidades de Polícia Pacificadora, esses policiais serão deslocados para o policiamento da Região Metropolitana do estado, com prioridade para a Baixada Fluminense. Depois, ao ATUAL, Ivan Blaz previu para em torno de 45 dias até que os militares estejam efetivamente nas ruas. Disse ainda que há a possibilidade de criação de uma força-tarefa itinerante, de modo a atender a extensas áreas, como a de abrangência do 24º BPM (Queimados), que envolve cinco municípios.    

Justificando a ausência por conta da votação da reforma política em tramitação no Congresso Nacional, o deputado federal Otávio leite teve sua participação registrada num vídeo exibido aos presentes, afirmando que o turismo brasileiro está muito aquém da realidade de outros países da América Latina. Otávio Leite defendeu a diminuição do chamado custo-Brasil, com a desoneração tributária do setor. O parlamentar falou ainda sobre ideia que tramita em Brasília, de transformar a Embratur em uma agência, o que lhe permitirá gerir um volume de recursos muito maior do que seu magro orçamento atual. Por conta de também abrir espaço para essas reflexões, Akira Taguti recebeu uma homenagem do secretário Nilo Sérgio Félix.

 

 

AKIRA TAGUTI recebeu um diploma de reconhecimento, das mãos do secretário de Turismo

 

RENATO REIS

 

Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.