Loading...
Sep 20, 2018 Last Updated 7:44 PM, Sep 19, 2018
Esporte

Esporte (703)

Em 16º lugar com 24 pontos, o Gigante da Colina encara as duas próximas partidas como vitais para seu futuro no Campeonato Brasileiro

NOVIDADES Uma semana após fazer sua estreia como treinador do Vasco da Gama, Alberto Valentim comandou no Clube de Aeronáutica, na manhã desta quarta (5), o derradeiro treinamento do Gigante da Colina para os importantes jogos contra América Mineiro e Vitória. Durante a atividade, que durou aproximadamente uma hora e meia, o profissional priorizou a parte tática, com ênfase no posicionamento do sistema defensivo.

PREPARAÇÃO O segundo dia de treinamentos da Seleção Brasileira em Nova Jérsei, onde se prepara para o amistoso de sexta-feira contra os Estado Unidos, teve novamente o grupo dividido em dois para a atividade. Vale ressaltar que os 23 jogadores já estava presentes na atividade desta terça-feira (4).

TORNEIO O Flamengo vai voltar aos Estados Unidos. Desde 2006, a equipe não disputa uma partida nos EUA e em 2019, a torcida que mora neste país terá a oportunidade de ver o seu time de perto. O Flamengo confirmou presença na Florida Cup 2019. A quinta edição do evento vai acontecer de 8 a 13 de janeiro em Orlando/Flórida e vai contar ainda com as presenças do São Paulo, Ajax (Holanda) e o Eintracht Frankfurt.  A participação do Flamengo no já tradicional torneio na Flórida é mais um passo na estratégia de fortalecer internacionalmente a marca do clube.

EXPECTATIVA O Fluminense segue na preparação para o primeiro desafio de duas partidas seguidas em casa pelo Campeonato Brasileiro. Nesta quinta-feira, o Tricolor encara o Vitória, às 19h no Maracanã, pela 23ª rodada da competição e o atacante Everaldo falou sobre a expectativa para o jogo.

PREPARAÇÃO De olho no próximo compromisso pelo Campeonato Brasileiro, o Rubro-Negro se reapresentou na tarde desta segunda-feira (3) no Ninho do Urubu. A equipe comandada por Mauricio Barbieri volta aos gramados nesta quarta-feira (5), contra o Internacional, às 21h45, no Beira-Rio.

COLETIVO A segunda-feira foi de reapresentação no CT da Barra. O grupo Tricolor voltou aos trabalhos após o empate em 1 a 1 com o São Paulo, pela 22ª rodada do Brasileirão.

Aproximadamente 40 pessoas participaram neste sábado (1) do II Treino Noturno realizado pela Secretaria de Esporte. O ponto de saída foi o Parque de Exposições e seguiram para o Mirante da Serra do Piloto. Os participantes caminharam ou correram num percurso de 6 km. O evento contou com o apoio da Guarda Municipal e Defesa Civil. Uma ambulância da Saúde também acompanhou todo o percurso.

Em mês crucial, Moisés mira vitória diante do Cruzeiro a qualquer custo

SINAL DE ALERTA Diante de um momento difícil só resta trabalhar com alta concentração para reverter o quadro. O Botafogo é o 15° colocado no Campeonato Brasileiro e agora terá pela frente o Cruzeiro, nesta quarta-feira (5), no Estádio Nilton Santos, em jogo que só a vitória interessa. Momento crucial para time e torcida, juntos, buscar pontos preciosos em domínio alvinegro.

NOVO CICLO O primeiro treino da Seleção Brasileira após a Copa do Mundo da Rússia foi realizado nesta segunda-feira (3), em Nova Jérsei. Já com 20 dos 23 jogadores convocados à disposição, Tite e sua comissão técnica iniciaram o novo ciclo com um trabalho planejado.

Tricolor parou duas vezes na trave e ficou no empate em 1 a 1 com o São Paulo

GOSTO AMARGO O Fluminense foi até o Morumbi no domingo e, diante do São Paulo, líder do Brasileirão, ficou no empate em 1 a 1. Apesar do ponto importante conquistado fora de casa, o técnico Marcelo Oliveira lamentou as oportunidades desperdiçadas pelo Tricolor, que jogou com um a mais desde a expulsão de Diego Souza, ainda na primeira etapa, e classificou o resultado como "meio amargo", devido às circunstâncias da partida.

ANÁLISE

“A sensação que ficou é de que perdemos dois pontos. Talvez, antes do jogo, a ideia de um empate aqui, pelo potencial do São Paulo, pela mobilização dos torcedores, poderia ser assim. Mas, com um jogador a mais e vencendo o jogo, deixamos fugir a vitória. Por mais que o São Paulo tenha tentado pressionar, não tiveram chances claras. Deixamos escapar a vitória em uma bola perdida, que estava nos nossos pés. Tivemos oportunidades de contra-ataques, mas não aproveitamos bem. No fim das contas, é um ponto, meio amargo, mas que pode valer muito na frente. Temos dois jogos em casa pela frente para tentar dar a arrancada que a gente necessita no campeonato”.

O JOGO

“Viemos aqui e nos alertamos para uma pressão inicial. Seria normal que o São Paulo, empurrado pela torcida e pelo bom momento, fosse para cima, tentando jogadas mais ofensivas, mas nós controlamos muito bem o jogo. Depois nos desorganizamos um pouco, começamos a errar alguns passes que o São Paulo aproveitou. No segundo tempo, troquei o Jadson, que já tinha amarelo, pelo Junior Dutra, porque entendi que teríamos mais espaços para contra-ataques. O São Paulo teve muito mérito na reação e nós tivemos uma desatenção na hora do gol. Não fizemos a leitura do jogo no sentido da arbitragem. O árbitro praticamente não marcou faltas. Deixou o jogo correr muito. Ficamos pedindo falta na hora do gol, que acho que não aconteceu, mas aí foi o nosso erro”.

MUDANÇAS

“A ideia era renovar o fôlego. O Luciano é um jogador que tem lançamento, chuta bem de fora da área, vem treinando muito bem. O Junior Dutra entrou na vaga de um volante para tentar puxar o contra-ataque. Acho que foi mais imposição e mérito do São Paulo do que acomodação do Fluminense. Tentamos os contra-ataques, tivemos a bola do jogo aos 42 minutos. O futebol é assim. O jogo é muito físico, quando temos oportunidades, como as duas bolas na trave, precisamos ter um pouco mais de poder de decisão para resolver o jogo”. (Fonte: site oficial do clube).

Página 3 de 51